Início » Vida » Ciência » Charles Darwin publica ‘A Origem das Espécies’
NESTA DATA

Charles Darwin publica ‘A Origem das Espécies’

Em 24 de novembro de 1859, a teoria evolucionista de Charles Darwin chamada de 'seleção natural' é publicada em Londres no livro 'A Origem das Espécies'

Charles Darwin publica ‘A Origem das Espécies’
A obra científica desenvolve a teoria evolucionista que chamou de 'seleção natural' (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O livro “A Origem das Espécies por Meio da Seleção Natural” foi publicado na Inglaterra em 24 de novembro de 1859 e foi escrito pelo naturalista britânico Charles Darwin. A obra científica desenvolve a teoria evolucionista que chamou de “seleção natural”, que afirma que organismos com variações genéticas são capazes de se adaptar ao meio ambiente e tendem a propagar descendentes adaptados, o que altera a estrutura genética geral das espécies.

Charles Darwin iniciou sua teoria a partir de estudos realizados na Inglaterra e de uma pesquisa de campo desenvolvida em uma longa expedição a bordo do navio HMS Beagle, em 1831, que durou aproximadamente cinco anos. Darwin visitou lugares como as Ilhas Galápagos e Nova Zelândia, e estudou variadas espécies, o que lhe rendeu grande conhecimento sobre a fauna, a flora e a geologia de muitos locais até então desconhecidos.

Em 1844, após comparar suas anotações com a pesquisa de campo, Darwin havia finalizado sua teoria da “seleção natural”. No entanto, teve receio de torná-la pública por conflitar com a teoria bíblica sobre a evolução das espécies. Somente em 1859 foi publicada em Londres a primeira edição de “A Origem das Espécies”, se esgotando rapidamente.

A teoria darwinista foi bem aceita pela comunidade acadêmica por desvendar mistérios acerca da biologia, no entanto houve resistência dos cristãos ortodoxos, afirmando que o trabalho era heresia. Darwin intensificou as divergências após publicar os livros “A descendência do Homem e seleção em relação ao sexo” e “A expressão da emoção em homens e animais”, onde em ambos ele evidencia que o homem tenha descendência comum com os macacos.

Charles Darwin morreu no dia 19 de abril de 1882, na Inglaterra, e nessa época a sua teoria já era universalmente aceita. Foi enterrado na Abadia de Westminster ao lado de reis, rainhas e outros personagens da história britânica por sua contribuição científica.

Fontes:
Opera Mundi-Charles Darwin publica 'A Origem das Espécies'

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. luiz alberto franco disse:

    Embora sem prejudicar muito a leitura, estamos diante de mais um caso de confusão entre ascendência e descendência. A hipótese de que o “homem tenha descendência comum com os macacos” poderá se confirmar quando, em algum próximo filme da série, houver casamentos férteis entre humanos e macacos…

  2. Adilson Cordeiro da Rocha disse:

    Tudo isso não passa de teoria. Se agente pegar um filhotinho de macaco e tentar educa-lo ou ensina-lo pra ele se desenvolver e virar um humano, voce vera que nem com ajuda isso acontece. Macaco sempre foi e sempre sera macaco. Nenhuma espécie evoluiu para outra espécie. Foi Nosso Deus Jeová quem criou cada uma delas. Uma prova disso esta no registro bíblico de Hebreus capítulo 3 versículo 4. Ali deixa bem claro que quem construiu todas as coisas foi Deus.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *