Início » Vida » Meio Ambiente » Estudo comprova relação entre ação humana e maior incidência de furacões
Meio Ambiente

Estudo comprova relação entre ação humana e maior incidência de furacões

O uso de combustíveis fósseis seria uma das principais causas do aquecimento dos oceanos, onde se formam os furacões.

De acordo com o cientista Benjamin Santer, co-autor de um artigo publicado nesta semana pela revista Proceedings, da Academia Nacional de Ciências dos EUA, a queima induzida por humanos de combustíveis fósseis alterou os níveis dos gases do efeito estufa na atmosfera, o que levou a esse aquecimento nas regiões onde se formam os furacões do Atlântico e do Pacífico.

Os cientistas estimam em 84% a probabilidade de que pelo menos dois terços do aquecimento marinho se devam a fatores humanos.

Mar pode acabar com praias da Espanha

Um relatório do Ministério do Meio Ambiente espanhol revela os danos do aquecimento global nas áreas litorâneas do país.

O aumento do nível do mar diminuirá em 15 metros as faixas de areia nas praias espanholas e pode ameaçar casas em frente ao mar nas próximas quatro décadas.

A razão para o aumento do nível do mar da Espanha – que sofre uma elevação de quase 2,5 mm por ano – é o derretimento das camadas de gelo. O norte espanhol será a região mais afetada pelo fenômeno. O relatório recomendou que as barragens em volta dos portos sejam reforçadas e elevadas, e argumentou que é necessário adaptar as construções no litoral à nova realidade. O país ibérico também sofre com a seca e as altas temperaturas.

Fontes:
Reuters - Ação humana agrava furacões, diz estudo
Guardian - Global warming to wash away beaches, warns Spanish study

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Fernando Pompéia disse:

    Tal como Sodoma e Gomorra, será que dá para encomendar um furacão para Brasília, tipo Palácios do Planalto, Alvorada, Congresso e Ministérios?

  2. Anônimo disse:

    Concordo plenamente. Quando fala-se sobre este assunto,parece que estão falando de outro planeta…
    A sociedade de consumo e individualista parece que faz com que as pessoas não enxerguem o que está acontecendo como meio ambiente (socialmente e com a natureza). Até quando ficaremos de olhos vendados?

  3. Markut disse:

    O homem continua depredando o planeta e , portanto, destruindo o seu próprio casulo. Até quando prevalecerá a política de meter o pescoço na areia e fazer de conta que o problema não existe?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *