Início » Vida » Ciência » Iniciativa promete revolucionar agricultura no deserto
MEIO AMBIENTE

Iniciativa promete revolucionar agricultura no deserto

Iniciativa de pesquisador norueguês sugere que é possível transformar a areia do deserto em terra fértil

Iniciativa promete revolucionar agricultura no deserto
Pela sua importância ambiental, a nanoargila líquida recebeu o prêmio ClimateLaunchpad em 2015 (Foto: Desert Control)

Uma iniciativa do cientista norueguês Kristian Morten Olesen, fundador da organização Desert Control, promete revolucionar agricultura no deserto. Isso porque, segundo suas pesquisas, é possível transformar a areia de uma região desértica em terra fértil de forma prática, acondicionando o solo com nanopartículas de argila com água e partículas de areia.

A nanoargila líquida (Liquid Nanoclay, no original) está sendo desenvolvida desde 2005 para melhorar a qualidade do solo em áreas desérticas, viabilizando a agricultura. De acordo com o site da Desert Control, criadora da tecnologia, o uso da iniciativa reduz a utilização de água em mais de 50% em comparação com formas naturais de irrigação do solo no deserto.

“A nossa invenção é uma nova maneira de misturar argila e água, de modo que quando é distribuída para o solo, ela envolve cada grão de areia perfeitamente e espalha a argila na areia – de uma só vez. Assim, quando a LNC [Liquid NanoClay] é aplicada, a areia se transforma em um tecido esponjoso que retém a umidade/água e assim mantém os nutrientes no solo muito melhores. Consequentemente, você precisa de menos água para irrigação, e a colheita recebe mais nutrientes e aumenta o rendimento”, afirmou a Desert Control, criadora da tecnologia, em seu site.

Pela sua importância ambiental, a nanoargila líquida recebeu o prêmio ClimateLaunchpad em 2015. Atualmente, a técnica está sendo aplicada na fazenda do agricultor Faisal Mohammed Al Shimmari, dos Emirados Árabes, que tem se mostrado satisfeito com o sucesso da tecnologia.

“Estou surpreso em ver o sucesso da empreitada. A técnica reduziu o consumo de água e mais de 50%, o que significa que posso duplicar a área verde com a mesma quantidade de água”, afirmou Shimmari, em entrevista à BBC.

A tecnologia, hoje podendo ser usada ainda em uma pequena parcela do mundo, pode se tornar ainda mais importante com o passar dos anos. Isso porque o processo de desertificação avança em alta velocidade. Estima-se que, a cada ano, uma área equivalente à metade do estado de São Paulo se torne um deserto devido à seca, desmatamentos e métodos de cultivo.

No entanto, a nova tecnologia ainda custa muito caro para a maioria dos agricultores do mundo, variando de US$ 1,8 mil a US$ 9,5 mil. Com isso, o plano inicial dos diretores da Desert Control é negociar com os governos regionais e, quando a tecnologia estiver mais desenvolvida e acessível, ampliar o número de clientes.

Fontes:
BBC-A inovadora técnica capaz de transformar areia do deserto em terra fértil

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *