Início » Vida » Ciência » Mapa revela grande concentração de emissão de carbono no Brasil
Meio Ambiente

Mapa revela grande concentração de emissão de carbono no Brasil

Satélite, lançado em julho pela Nasa, monitora clima do planeta

Mapa revela grande concentração de emissão de carbono no Brasil
Cor vermelha indica maior concentração de dióxido de carbono na região (Reprodução/ Nasa)

O Observatório Orbital de Carbono, lançado em julho deste ano pela Nasa,  enviou os primeiros mapas, que mostram os lugares de maior concentração de dióxido de carbono. O observatório é um satélite de sensoriamento remoto em uma missão para medir precisamente os níveis de dióxido de carbono na atmosfera da Terra.

Os dados, que foram coletados durante algumas semanas de outubro e de novembro, podem ajudar os cientistas a entender melhor o impacto das atividades do homem no clima. Os mapas mostram que os gases são misturados por ventos, formando grandes manchas horizontais ao longo das linhas latitudinais do planeta.

A cor vermelha (no mapa acima) indica maior concentração de dióxido de carbono na região. O Brasil, o norte da Austrália e o sul da África são alguns dos lugares com nível mais elevado, provavelmente, por conta das queimadas na vegetação local, seja na floresta tropical brasileira ou na savana africana. O mapa também revela grandes concentrações do gás na América do Norte, na Europa e na China, que, por sua vez, podem estar relacionadas com as atividades industriais com uso de combustíveis fósseis.

Anualmente, mais de 40 bilhões de tonelas de carbono são jogadas na atmosfera, ocasionando concentrações recorde de gases do efeito estufa. Metade desse carbono fica na atmosfera, enquanto o resto é absorvido por oceanos e vegetação terrestre. O desafio dos pesquisadores agora é saber para onde todo esse carbono está indo e se os sistemas naturais estão perdendo sua capacidade de absorver parte dessa poluição.

 

 

Fontes:
O Globo- Mapa feito via satélite mostra grande concentração de emissão de carbono no Brasil

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *