Início » Vida » Meio Ambiente » Menos é mais
Lixo

Menos é mais

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Entre 1980 e 2000, a quantidade de lixo produzida pelos países da OCDE aumentou em média 2,5% ao ano. Entre 2000 e 2005, a média caiu para 0,9% ao ano, pouco acima da taxa de crescimento da população desses países (0,7%), mas bem atrás da sua taxa de crescimento econômico (2,2%).

A União Europeia observou uma tendência semelhante em vários países europeus. A expectativa dos governos é de que a diminuição da quantidade de lixo ajude a reduzir as emissões de gases de efeito estufa e os custos de gestão dos resíduos, mas ainda não se sabe qual a melhor forma de incentivar esse hábito. Alguns estão tentando incentivar os consumidores a jogarem menos lixo fora.

Para isso, o método mais simples é recolher o lixo com menos frequência. Em algumas áreas da Grã-Bretanha, onde o caminhão de lixo passa em semanas alternadas, as taxas de reciclagem estão 10% mais altas do que nas demais regiões. Outra opção é cobrar uma taxa referente à quantidade de lixo gerado por cada residência ou empresa.

Fontes:
Economist - A special report on waste: Less is more

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *