Início » Brasil » Ministro do Meio Ambiente garante Brasil no Acordo de Paris
PACTO CLIMÁTICO

Ministro do Meio Ambiente garante Brasil no Acordo de Paris

Anúncio representa um recuo do presidente Jair Bolsonaro, que em várias ocasiões expressou a intenção de retirar o país do pacto

Ministro do Meio Ambiente garante Brasil no Acordo de Paris
Segundo Salles, há consenso no governo para manter o país no pacto (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, garantiu que o Brasil deve continuar no Acordo de Paris. A afirmação foi feita na última segunda-feira, 14. O anúncio representa um recuo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que em várias ocasiões expressou a intenção de retirar o país do pacto climático.

O Acordo de Paris estabelece metas para que os países que o integram se comprometam com a redução de emissão de gases causadores do efeito estufa. Assim como o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Bolsonaro sempre foi crítico ao pacto climático. No entanto, parece haver um consenso dentro do governo para que o Brasil continue no acordo, segundo informou Salles.

“Por ora, vamos manter a participação. Há pontos importantes, que podem trazer recursos para o país. O acordo está feito. É um guarda-chuva com metas de redução de emissão para o Brasil e outros países. O problema é como internaliza na legislação pátria, de forma que não restrinja o empreendedorismo. Vamos olhar com cuidado”, afirmou o ministro depois de participar de um almoço com empresários no Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP).

De acordo com Salles, Bolsonaro concordou com a manutenção do Brasil no pacto climático. No entanto, o ministro do Meio Ambiente garantiu que o Acordo de Paris será observado mais atentamente. “Restrição a gerenciamento do território, políticas públicas, nós vamos olhar com muito cuidado, porque o Brasil tem autonomia, como todo país, e deve conseguir tomar conta do território de acordo com seus interesses e prioridades”, disse Salles.

 

Leia também: Bolsonaro, Trump e o ‘climatismo’
Leia também: Acordo de Paris é assinado por 195 países

Fontes:
Agência Brasil-Ministro diz que há consenso para Brasil permanecer no Acordo de Paris

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *