Início » Vida » Comportamento » Ninguém se importa com tingimento de ovos, mas da galinha é outra história
Polêmica de Páscoa

Ninguém se importa com tingimento de ovos, mas da galinha é outra história

Tingimento de pintinhos para servirem de brinde na Páscoa gera preocupações nos EUA

Ninguém se importa com tingimento de ovos, mas da galinha é outra história
Corante é injetado no óvulo ou pulverizado sobre o filhote (Reprodução/ Internet)

Bonitos como eles são, eles não são feitos de marshmallow. Se eles fossem, ninguém veria problema com pintos recém-nascidos que são tingidos com cores brilhantes para servirem de brindes festivos da Páscoa. O corante é injetado no óvulo de incubação ou pulverizado sobre o filhote, e enquanto os avicultores dizem que é inofensivo, as aves vivas viram objetos de muitas pessoas, brinquedos de férias que são rapidamente descartados.

Cerca de metade dos estados dos EUA e seus municípios têm leis contra a prática, mas na Flórida, em março, a Assembleia Legislativa aprovou uma lei para derrubar a proibição de 45 anos do tingimento de animais. A revisão da lei foi a pedido de um tosador de cachorros que queria participar de concursos com elaboradas esculturas e cores feitas em animais de estimação.

Os protestos de grupos de direitos dos animais têm sido rápidos. “Todo ano a sociedade humana fica cheia destes animais abandonados depois da Páscoa”, disse Don António da Fundação dos Direitos Animais da Flórida. “Esta lei tem protegido milhares de animais provenientes da negligência e abuso, e não deve ser derrubada por um capricho de um tosador de cães que quer tingir um poodle de roxo”.

O pintinho tingido foi uma moda sazonal em diferentes partes do mundo para algumas gerações. A cor dura apenas algumas semanas: ela sai quando as penas crescem, em uma cor normal. Especialistas em aves dizem que a saúde da galinha não é afetada já que o corante não é tóxico. E há fins científicos e educativos para o tingimento: pesquisadores de gestão de animais selvagens têm utilizado a técnica de tintura injetada em ovos para controlar as aves que saem dos ninhos, e os professores têm pintinhos tingidos para o uso em sala de aula, para mostrar aos alunos como as penas nascem.

Mas o principal uso é para vender filhotes na Páscoa. A Páscoa é no domingo, e pintos tingidos podem aparecer à venda em vários lugares, porém, eles ainda não ser ilegais na Flórida, pois a mudança só entra em vigor no dia 1º de julho.

Fontes:
The New York Times - Nobody Minds Dyeing the Egg, but the Chicken Is Another Story

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. olbe disse:

    O pior não é fazer pintinhos coloridos, o pior é que quase todos eles morrem logo nas mãos da crianças…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *