article image
Se toda a água do planeta fosse magicamente sugada, ela se resumiria a uma esfera de apenas 1.385 km de diâmetro (Reprodução/Le Monde)
Meio Ambiente

O planeta azul tem muita água disponível?

A água na Terra é como uma folha de papel de presente recobrindo uma bola de boliche. Do espaço, ela é quase tudo que vemos, mas sua massa representa apenas 0,023% da composição total do planeta

fonte | A A A

A Terra é conhecida como o planeta azul. Visto de longe, nosso planeta aparenta ser composto em boa parte por água. Isso acontece porque os oceanos, mares, lagos, calotas polares e rios cobrem mais de 70% dos 510 milhões de km² da Terra. No entanto, se toda a água do planeta fosse magicamente sugada e se agrupasse em uma esfera, como se fosse um satélite aquático, ela se resumiria a uma esfera de apenas 1.385 km de diâmetro. A água na Terra é como uma folha de papel de presente recobrindo uma bola de boliche. Do espaço, ela é quase tudo que vemos, mas sua massa representa apenas 0,023% da massa do planeta. Qual é a quantidade exata de água existente na Terra?

O satélite aquático da imagem contém 1.386 bilhões de km³ de H2O, dos quais 1.338 bilhões vêm dos oceanos e mares. Com aproximadamente 24 milhões de km³ cada, estão dois grupos: o das calotas polares, geleiras e neves eternas e o da água subterrânea. O restante da água vem, em ordem decrescente do gelo do permafrost, dos lagos, da umidade dos solos, da atmosfera, dos pântanos, dos rios e, enfim, da água presente nos seres vivos, sem a qual não existiríamos. Estima-se que a vida terrestre contenha um pouco mais de 1.100 km³ de água biológica.

Analisando toda essa estatística hídrica, é possível perceber o valor da água doce, que representa apenas cerca de 35 milhões de km³. Ela é a pequena pérola à direita da bolha na imagem ao lado. No entanto, a maior parte dessa pequena pérola está inacessível aos seres vivos, seja porque está congelada ou porque está presa no subsolo. A água de fácil acesso, a que está presente nos lagos doces, pântanos e nos rios representa uma parte bem pequena do total.

Você reparou no pequeno pontinho azul sob a pérola? Essa cabeça de alfinete tem menos de 60 km de diâmetro e representa toda a água doce facilmente disponível para a vida terrestre. É dessa pequena reserva que sete bilhões de seres humanos podem beber, irrigar suas culturas, produzir energia em suas usinas e da qual outros organismos também dependem. Observando essa imagem tomamos perspectiva de que a água é mais rara do que parece.

De volta ao topo comentários: (10)

Sua Opinião

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Estado

Cidade

  1. Chato disse:

    Apenas um percentual da água da Terra ESTÁ potável atualmente e perto está assim há bilhões de anos. A água está sempre mudando em ciclos e o que á água do mar hoje, é chuva amanhã, lençol freático depois de amanhã e brota numa nascente voltando pelos rios até o mar. Se as nascentes forem preservadas teremos água à vontade. No Brasil a água não precisa ser armazenada porque temos abundância de nascentes e o clima favorece. A água que não usamos vai para o mar de qualquer jeito e vender a ideia de que água acaba é suspeita. Desconfie de quem fala coisas assim. Existem regiões que estão usando mais água do que o ciclo permite e isso sim é um problema.No Brasil podemos usar bilhões de litros de água sem problemas.
    Os ecologistas não dizem que para fabricar um litro de produto que limpa carros sem uso de água são consumidos muitos litros de água. Mais do que suficiente para lavar muitos carros. É a indústria do Salve o Planeta de olho no seu dinheiro.

  2. renato disse:

    O problema é que a polluição dos rios, lagoas, nascentes tornam cada vez mais cara “limpar” a água para consumo, chegando até em caso extremos de não haver codições de “limpá-las”

  3. Ecimar Mendonça disse:

    Em nosso País todo fato que é imporante,esta ficando monótono por incrivél que pareça, passando por uma pessoa hoje,que estava jogando agua na Rua,Eu O alertei,ele quase jogou aqua em Mi .Viu que ignorancia?

  4. José Smokovicz disse:

    Futuramente beberemos águas das mais diversas fontes possíveis a custos astronômicos!!!

    A água jamais vai acabar!!!

    A questão é o acesso a água doce de boa qualidade!!!

    A questão é o custo…ainda que seja possível destilar água doce de fossas sépticas…acrescer de sais, envasar e disponibilizar para consumo – pagaremos um preço altíssimo!!! – A NESTLÉ já faz isso, pega água do Rio Tietê em SP…

    Todo processo fotossintético “consome água”…todo processo de respiração “produz” água!!!

    A única questão cultural que temos que ter em mente é – POR QUÊ POLUIR???

    É imprescindível a manutenção de mananciais!!!

    !!!SEM ÁGUA – SEM VIDA!!!

  5. Luiz Antonio disse:

    Água é vida, e a vida tem que ser muito bem cuidada e valorizada sobretudo.

  6. Markut disse:

    A partir dessas constatações, a humanidade vai ter que se conscentizar, bem depressinha, que a água disponivel para a nossa sobrevivência é escassa e finita.
    Vai ser preciso uma guinada na nossa percepção da maneira como estamos utilizando (mal) os recursos naturais.
    A menção de “predadores do planeta” deixa de ser apenas uma figura de retórica, para ser uma verdade inquestionavel.
    Até quando?

  7. Marly Winnie disse:

    Está na hora de parar com o terrorismo ecológico, pois ele não ajuda a melhorar nossa vida no planeta! O artigo não leva em consideração uma lei básica do globo terrestre: O CICLO DA ÁGUA ! O planeta é um sistema fechado, de onde nada sai, a não ser de foguete! Sendo assim, o tal percentual de água referido no artigo é o mesmo que existe desde que o mundo é mundo, e sempre foi o necessário e suficiente para todos os animais e vegetais que já viveram e continua sendo para todos os que ainda vivem. Portanto, por favor, parem de divulgar notícias inúteis do radicalismo ambiental que só causam mais danos emocionais às pessoas inocentes.

  8. milton pieroni junior disse:

    realmente a agua representa 70% da superficie terrestre. tendo oceanos com 5 ou 6 km. de profundidade. e mesmo contando com aqüíferos enormes, como exemplo o guarani. só que o diametro da terra é nada mais que 12.000 km., portanto, sobre o volume total do planeta a agua nada mais é que 0,023 %.
    mas sem duvida alguma o que mais se preocupa são as ações vindo tomadas pelo homem, não se importando em manter este precioso produto. contaminando os rios, mananciais, sub-solo, enfim, deixando cada vez mais dificil, distanciando cada vez mais o principal de tudo -H2O. outro fato que é normal, seja industrias, irrigações, ou mesmo residenciais – MUITO DESPERDICIO. são fatos que ocorrem pelo fato de ser vendida para consumo – muito barato. como tambem, se continuarmos neste ritmo, não resta a menor duvida – SERÁ A FAÍSCA, MOTIVO, para a terceira guerra mundial., pricipalmente, sendo o começo, no oriente médio.
    abraços

  9. Prof.Francisco Leal disse:

    Ainda encontramos pessoas egocêntricas, que não procuram zelar por nosso líquido precioso. O Brasil, mesmo tendo aproximadamente 12¨% da água doce da Terra, precisa elaborar leis mais rígidas, no tocante a preservação dos manaciais.

  10. \silvia Benedetti disse:

    É costumeiro sempre dizer que os alertas são exagerados! Não é de hoje que nos previnem sobre os riscos que corremos pela possível escasses da água doce… Onde estão sendo tomadas providências a respeito deste assunto? Um exemplo banal: os aquecedores da água para o banho… quantos e quantos litros desperdiçam até que ela alcance a temperatura adequada… Poderiam por certo estudar um meio mais economico? Aqui noi sul, no inverno, muitas vezes os chuveiros elétricos não aquecem o suficiente, havendo então uma preferência pelos aquecedores a gas, mas que são verdadeiros esbanjadores de água. Outros desperdícios são comuns, como o delavar roupas (na máquina), sem usar sua capacidade total. Há quem use a máquina para lavar uma toalha de banho… Necessário é CONSCIENTIZAR as pessoas e descobrir aparelhos aquecedores mais práticos. SILVIA BENEDETTI.