Início » Vida » Meio Ambiente » Onda de calor mata mais de 500 pessoas na Índia
Altas temperaturas

Onda de calor mata mais de 500 pessoas na Índia

Número de mortes por insolação e desidratação foi maior em áreas rurais no sul do país

Onda de calor mata mais de 500 pessoas na Índia
Em Nova Déli, as temperaturas estão quatro graus acima da média (Foto: Pixabay)

Estima-se que mais de 500 pessoas tenham morrido com a onda de calor que atinge a Índia, com temperaturas que chegam a 50º C em algumas partes do país.

A cidade de Allahabad viu os termômetros chegarem a 47,7º C no último domingo, 24, de acordo com a imprensa local. Na capital Dehli, a máxima foi de 43,5º C.

A maior parte das mortes relatadas, primordialmente de insolação e desidratação extrema, foi em áreas rurais no sul do país. As autoridades locais anunciaram uma indenização de mil libras para as famílias das vítimas.

A previsão do tempo continua sendo “onde de calor a onda de calor intensa. “Está quente e vai continuar quente. As pessoas devem ficar dentro de casa e beber muita água”, disse Devendra Sharma, funcionário do escritório meteorológico indiano.

Em Nova Déli, as temperaturas estão quatro graus acima da média. A maior temperatura já relatada na capital foi de 47,2° C, em maio de 1944. O recorde de temperatura na Índia foi de 50,6º C, marcado em 1956, na cidade de Alwar.

O número de mortos foi pior que o da onda de calor intensa que ocorreu em 2010, que registrou as maiores temperaturas em décadas e durou meses.

A monção, ventos sazonais relacionados com a troca de estações, prevista para atingir a linha costeira do sul da Índia em 31 de maio, vai trazer alívio para as altas temperaturas, mas não vai chegar ao norte seco do país durante várias semanas.

 

Fontes:
The Guardian-India heatwave kills more than 500 people

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *