Início » Internacional » Qual cidade tem mais árvores no mundo?
MEIO AMBIENTE

Qual cidade tem mais árvores no mundo?

Pesquisadores analisam dados de áreas verdes das cidades mais populosas do mundo. Uma das cidades com mais árvores do mundo é brasileira

Qual cidade tem mais árvores no mundo?
Iniciativas chamam atenção para a importância de preservar e expandir a cobertura vegetal em áreas urbanas (Foto: Ed Yourdon)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

As áreas arborizadas das cidades oferecem enormes benefícios para o equilíbrio do clima, a diminuição do efeito de ilhas de calor e o bem-estar da população, como mostram alguns projetos de urbanização.

A cidade de Tampa, na Flórida, vangloria-se de seus recordes, como a cidade que abriga o maior festival de piratas do mundo, o Gasparilla Festival; da calçada mais longa dos EUA, com 7,2 km; e do maior home run do jogador de beisebol Babe Ruth, com incríveis 178 metros. 

Agora, a cidade também lidera os esforços para preservação de áreas verdes. De acordo com as estimativas do Senseable City Lab do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), mais de um terço da cidade, o equivalente a 36,1% da área urbana, é arborizado.

A cidade é a primeira na lista do programa Treepedia do MIT, seguida por Cingapura (29,3%), Oslo (28,8%), Sydney e Vancouver (ambas com 25,9%).

A preocupação em criar espaços verdes e plantar árvores reflete a crescente conscientização sobre a importância de preservar o meio ambiente, sobretudo nas áreas urbanas.

Segundo Dan Lambe, presidente da Arbor Day Foundation – uma organização sem fins lucrativos que criou, em 1976, o projeto Tree City USA, de incentivo ao plantio de árvores nos EUA – hoje o projeto tem mais de 3.400 comunidades comprometidas com a ideia.

Os pesquisadores do Treepedia avaliaram o número de árvores nas cidades ao caminharem pelas ruas, parques e florestas próximas. Suas pesquisas também se basearam em dados da plataforma Street View, do Google. 

Um novo estudo de pesquisadores do Forest Service dos EUA também analisou dados de áreas arborizadas das 25 cidades mais populosas do mundo. Segundo o estudo, Nova York é a cidade com o maior número de árvores (39,2%), seguida por Moscou (29,1%), São Paulo (27,4%) e Paris (26,4%).

Mas assim como no estudo do Treepedia, os números não são precisos. O Forest Service usou dados de satélites em suas pesquisas, imagens menos precisas do que as do Street View. As imagens de satélite também não são atualizadas com frequência e, por isso, o estudo do Forest Service baseou-se em dados do período de 2010 a 2014.

No entanto, na opinião de Simone Borelli, especialista em silvicultura urbana da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), a quantificação precisa do número de árvores não é um fator importante na avaliação dos espaços verdes nas cidades. “Os benefícios das áreas arborizadas não são medidos em números”, observa Borelli.

Em 2014, Frankfurt, na Alemanha, recebeu o título de Cidade Europeia das Árvores em reconhecimento ao trabalho de preservação ambiental e da conscientização dos habitantes da cidade sobre a importância dos espaços verdes para o equilíbrio ecológico.

Frankfurt tem cerca de 200 mil árvores plantadas em parques e jardins públicos, além de uma floresta com 5.800 hectares de extensão no sul da cidade. A floresta integra o Grüngürtel, o “cinturão verde” da cidade, com bosques, áreas agrícolas, jardins, parques, áreas para a prática de esportes, pomares e reservas naturais.    

“A política ambiental do governo incentiva as pessoas a adotar árvores e a ajudar no plantio de novas espécies mais resistentes ao calor originárias da região do Mediterrâneo e dos Bálcãs. Devido às mudanças climáticas, Frankfurt foi a cidade mais quente da Alemanha em 2018”, disse um porta-voz do Departamento de Meio Ambiente da prefeitura.

Cingapura também se destaca nesse movimento mundial de preservação de espaços verdes. “Desde a criação da cidade-Estado de Cingapura, o governo investe em transformar a cidade em um jardim. A política de desenvolvimento sustentável e de preservação do meio ambiente de Cingapura é reconhecida internacionalmente. É o resultado de mais de cinco décadas de um planejamento urbano meticuloso de expansão da cidade comprometido com a qualidade de vida dos cidadãos. Ao longo desses anos, o NParks plantou mais de 50 mil árvores na cidade”, disse Leong Chee Chiew, diretor do National Parks Board (NParks).

Mesmo em cidades como Milão, um polo industrial e centro de moda na Itália, é possível mudar a paisagem urbana. O Politécnico de Milão, uma das principais universidades na área de tecnologia do país, está liderando um movimento para plantar 3 milhões de árvores até 2030, de acordo com estimativas, uma para cada morador da cidade.

Fontes:
The Guardian-Green streets: which city has the most trees?

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. DENISE DE MATTOS disse:

    Tem alguma coisa muito errada ou no minimo, estranha, nesse estudo. Como que a Cidade do Rio de Janeiro pode ter a maior floresta urbana do planeta e nem estar nos primeiros lugares ( se não, o 1o!) dessa lista? muuito estranho! São Paulo, maior quantidade?

  2. Vasco A. Duval disse:

    Denise, talvez a floresta da serra da cantareira, que é enorme, com o Horto Florestal ao norte da cidade, assim também as matas e florestas ao sul da cidade, onde ainda ha animais de grande porte, fundamentem este posicionamento de São Paulo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *