Início » Vida » Ciência » Mito ou verdade?
Beleza

Mito ou verdade?

Conheça alguns mitos sobre os cuidados com a pele e com o cabelo

Mito ou verdade?
Especialistas desvendam crenças passadas de geração em geração (Reprodução/Internet)

Especialistas desvendam crenças passadas de geração em geração.

Chocolate causa acne – “Até agora não há comprovação científica alguma que afirme que o chocolate é culpado pelo aparecimento de espinhas. Porém, alguns estudos apontam que uma alimentação baseada no leite piora a oleosidade da pele. Por isso, na hora de escolher um chocolate, opte pelo amargo. Quanto mais claro o chocolate, menos cacau ele tem e mais adição de leite e açúcar ele recebe, o que torna o produto muito mais gorduroso e calórico”, explica a dermatologista Vanessa Metz.

Cortar as pontas acelera o crescimento do cabelo – “A saúde e as vitaminas estão na raiz dos cabelos. É ela que vai dar força o suficiente para fazê-los crescer!”, explica Vitor Avanti, do Espaço Contemporâneo Barra Square, na Barra. “Cortar as pontas melhora o aspecto, a textura, pois tira as pontas fracas e ralas, deixando o caimento melhor e mais pesado, menos elástico”, completa o hairstylist Emilien Blanchard, do Crystal Hair.

Os cabelos se acostumam com os xampus – “Na verdade, o que acontece é que o acúmulo do produto deixa o couro cabeludo oleoso, e desta forma, as pessoas acham que já passou o efeito. Por isso, é ideal usar um xampu de limpeza profunda de quinze em quinze dias, ou fazer uma esfoliação no couro cabeludo, uma espécie de detox”, diz Blanchard.

Arrancar fios brancos faz crescer mais cabelos brancos – “A regra é que cada folículo produz um fio de cabelo por vez. E, depois do nascimento, não desenvolvemos mais folículos. Dessa forma, dependendo da fase que o cabelo arrancado está, um novo fio pode demorar mais ou menos tempo para nascer novamente no local”, explica a dermatologista Juliana Neiva.

 

Fontes:
O Globo-As principais mentiras que envolvem a beleza do rosto e corpo

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *