Início » Vida » Ciência » Morre Alexander Fleming
Nesta Data

Morre Alexander Fleming

No dia 11 de março de 1955, morre Sir Alexander Fleming, médico britânico que é considerado o descobridor da penicilina

Morre Alexander Fleming
Fleming recebeu o título de Sir e o prêmio Nobel de fisiologia e medicina graças a sua descobertya que revolucionou o tratamento das infecções (Foto: Reprodução/Internet)

Alexander Fleming é um dos nomes mais importantes da história da medicina. Foi Fleming quem descobriu a Penicilina, o primeiro antibiótico conhecido pelo homem. Observando um fungo ele encontrou a substância que impedia o crescimento de bactérias em certos tecidos animais. O médico britânico morreu no dia 11 de março de 1955.

Fleming nasceu em Lochfield, sudoeste da Escócia, no dia 6 de agosto de 1881. Foi para Londres estudar medicina, na escola do Hospital Saint-Mary. Logo após se formar, passou a pesquisar os princípios antibacterianos. Serviu como médico da Marinha durante a Primeira Guerra Mundial, onde presenciou centenas de mortes por infecção.

Em 1921, Fleming conseguiu isolar a enzima que impedia o crescimento de bactérias em tecidos animais. Sete anos depois, quando era professor do colégio de cirurgiões, observou uma substância presente no fungo penicillium notatum, que tinha capacidade de absorção de bactérias estafilococos. Ele balizou a substância de Penicilina e publicou o resultado de suas pesquisas sobre ela em 1929, no British Journal of Experimental Pathology.

No entanto, a instabilidade da substância e a falta de potência não fizeram que a penicilina fosse totalmente eficaz na aplicação em seres humanos. Somente dez anos depois que os americanos Ernst Boris Chain e Howard Walter Florey, conseguiram isolar a penicilina de forma que fosse eficaz no tratamento humano. O antibiótico passou a ser comercializado em 1941.

Em 1943, Fleming foi reconhecido como o descobridor da penicilina, eleito membro da Royal Society e, um ano depois, foi consagrado cavaleiro da coroa britânica, tornando-se “Sir”. Recebeu também o prêmio Nobel de fisiologia e medicina, junto com Chain e Florey. Morreu em Londres, no dia 11 de março de 1955, após um ataque cardíaco.

Fontes:
E-Biografias-Alexander Fleming

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *