Início » Vida » Ciência » O alarmismo em torno da carne processada
SAÚDE

O alarmismo em torno da carne processada

Risco de desenvolver câncer por conta do cigarro é bem maior do que por alimentos processados

O alarmismo em torno da carne processada
As dietas com carnes processadas causam cerca de 34 mil mortes por câncer no mundo, segundo o cálculo da agência (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O recente relatório divulgado na última segunda-feira, 26, pela Organização Mundial de Saúde (OMS) traz evidências que associam o consumo de carne processada ao câncer. Mas será que o atual alarmismo sobre a carne processada é necessário?

A pesquisa, que é de um órgão da OMS, a Agência Internacional de Pesquisa sobre Câncer, concluiu em seu relatório que carnes processadas, como bacon e presunto, são possíveis causadores de câncer de cólon e de estômago. Isto ocorre porque no processamento, os métodos geram químicos cancerígenos ou que estão sob a suspeita de ser assim classificados.

A agência achou “evidências suficientes” (não só uma fraca associação) de que a carne processada pode causar câncer, mas o risco do cigarro, por exemplo, é bem maior, segundo John Ioannidis da Universidade de Stanford. “Eu acho que é muito importante que a gente não aterrorize as pessoas para que elas pensem que não devem comer carne vermelha de forma alguma”.

O tabaco está relacionado com cerca de um milhão de mortes por câncer em um ano no mundo todo. O álcool, por sua vez, é associado a 600 mil mortes anuais por câncer. Já as dietas com carnes processadas causam cerca de 34 mil mortes por câncer no mundo, segundo o cálculo da agência. Resta saber o quanto de carne processada e de carne vermelha é apropriado na dieta.

 

Fontes:
The New York Times-Meat as a Cause of Cancer
The New York Post-Fighting back against the bacon-bashers

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site