Início » Vida » Ciência » O lado terapêutico do diário pessoal
O poder da escrita

O lado terapêutico do diário pessoal

Estudos revelam que escrever sobre si mesmo pode melhorar o humor e a autoestima

O lado terapêutico do diário pessoal
Segundo estudos, colocada no papel, a percepção de si mesmo pode melhorar na vida real (Reprodução/NYT)

Estudos têm demonstrado que escrever sobre experiências pessoais pode melhorar transtornos de humor, ajudar a reduzir sintomas de pacientes com câncer, melhorar a saúde de pessoas que sofreram um ataque cardíaco, reduzir consultas médicas e até mesmo melhorar a memória. Agora, os pesquisadores estão estudando se o poder da escrita e de editar o que se escreve sobre si mesmo pode levar a mudanças de comportamento e melhorar a felicidade.

O conceito é baseado na ideia de que todos nós temos uma percepção de nós mesmos e uma narrativa pessoal que molda a nossa visão do mundo. Mas às vezes a nossa voz interior distorce a nossa visão. Alguns pesquisadores acreditam que, ao escrever e reescrever as nossas próprias histórias, podemos mudar nossas percepções de nós mesmos e identificar os verdadeiros obstáculos que se interpõem no caminho de uma saúde melhor.

Em um estudo, pesquisadores de Stanford avaliaram estudantes negros com dificuldade para se ajustar à faculdade. Alguns dos estudantes foram convidados a escrever um ensaio ou produzir um vídeo falando sobre a vida na faculdade para ser visto por futuros alunos. O estudo constatou que os alunos que participaram do projeto receberam notas melhores nos meses seguintes do que os de um grupo de controle.

Outro estudo pediu que casais em dificuldade escrevessem sobre seus conflitos. Entre 120 casais, aqueles que exploraram os seus problemas através da escrita relataram uma melhora na felicidade conjugal.

Timothy Wilson, professor de psicologia da Universidade de Virgínia e um dos líderes de um estudo sobre o poder da escrita, acredita que, embora escrever não resolva todos os problemas, o ato pode certamente ajudar as pessoas a lidarem com suas inseguranças. “Escrever força as pessoas a repensarem tudo o que está incomodando e encontrar novos significados”, disse.

 

Fontes:
The New York Times - Writing your way to happiness

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *