Início » Vida » Ciência » População dos países mais ricos vê menos risco em mudanças no clima
Meio Ambiente

População dos países mais ricos vê menos risco em mudanças no clima

Enquanto nos países mais ricos apenas 50% da população se preocupa com o aquecimento global, na América do Sul o índice chega a 90%

População dos países mais ricos vê menos risco em mudanças no clima
Mais de 75% das pessoas nos países mais ricos tem consciência dos efeitos do aumento de temperatura, mas não veem isso como um risco (Foto: Flickr/NASA Goddard Space Flight Center)

Pessoas vivendo nas nações mais ricas do mundo normalmente entendem o que é mudança climática, porém, em muitos desses locais, somente metade da população enxerga isso como uma ameaça, afirma uma nova pesquisa. A análise foi feita em 119 países, não encontrou fortes evidências de que as pessoas consideram essas mudanças como um risco severo.

Apesar de mais de 75% das pessoas na Austrália, nos EUA, no Reino Unido e na maior parte da Europa estarem cientes das alterações climáticas, uma pequena parte delas acredita que esse fato seja prejudicial para si ou suas famílias.

Na Austrália, que recentemente foi citada como o país líder em pesquisas que negam a teoria do Aquecimento Global, assim como nos Estados Unidos, na Alemanha e nos países escandinavos, os efeitos do aquecimento são entendidos como um perigo somente por metade das pessoas perguntadas. Na Rússia, apesar da compreensão das mudanças climáticas de forma geral, menos de 50% da população acredita estar ameaçada. As nações ricas onde a população tem maior compreensão dos riscos do Aquecimento Global são França e Espanha, mas a maior preocupação sobre os impactos do aumento nas temperaturas é vista em outros locais.

Em cada país da América do Sul, e também no México, na Índia, na Tanzania e no Marrocos, aproximadamente 90% das pessoas perguntadas dizem estar preocupadas com os riscos das mudanças climáticas. O Japão é uma das poucas nações entre as mais desenvolvidas em que a população de fato teme os efeitos do aquecimento.

Fatores de compreensão

O estudo foi publicado na Nature Climate Change, ele encontrou diferentes fatores que levam as pessoas a terem conhecimento ou perceberem os riscos do Aquecimento Global. Níveis de educação e entendimento da influência do homem na natureza são os principais razões de influência na Europa, enquanto o aumento das temperaturas é o fator predominante nos países asiáticos e africanos.

“[O resultado mostra] A necessidade de desenvolver estratégias de comunicação do clima sob medida para nações individuais. Eles sugerem que a melhoria da educação básica, alfabetização climática, e compreensão do público sobre as dimensões locais da mudança climática são vitais para a participação do público e apoio à ação do clima”, disseram os autores da pesquisa.

De acordo com a ONU, a mudança climática já vem afetando os países mais vulneráveis. A organização teme que o aumento da temperatura impulsione conflitos, guerras e a migração. O número de catástrofes naturais entre 2000 e 2009 foi três vezes maior que na década de 1980.

Fontes:
The Guardian-Climate change: world’s wealthiest understand, but only half see it as threat

1 Opinião

  1. ciclista cwb disse:

    Quanto mais rico mais ignorante?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *