Início » Vida » Saúde » Abusou do chocolate na Páscoa?
Mais chocolate

Abusou do chocolate na Páscoa?

Abusou do chocolate na Páscoa?
O lado comercial da Páscoa incita o consumo do produto

Nessa época do ano, o chocolate invade nossas casas. Preto, branco, amargo ou com recheios diversos, o lado comercial da Páscoa incita o consumo do produto. E, após a ingestão de todos os ovos ganhos de presente, é normal acordarmos com a consciência pesada, refletindo sobre a quantidade excessiva que comemos e as calorias que ganhamos.

Mas não há segredo para se recuperar do consumo excessivo, segundo o endocrinologista do Lâmina Medicina Diagnóstica/ DASA, Frederico Marchisotti. “A estratégia mais adequada é ingerir bastante líquido, de preferência água, alimentos saudáveis e com moderação como frutas, legumes e verduras e, claro, eliminar os doces por determinado período”, diz.

O especialista ressalta, no entanto, que mesmo adotando as medidas pós-Páscoa, há vários malefícios no consumo exagerado de chocolate que devem ser considerados como o ganho de peso, diarréia, outros desconfortos intestinais, desequilíbrio nutricional (pela troca de alimentos ricos em vitaminas e sais minerais pelo chocolate) e problemas cardiovasculares pelo excesso de gorduras.

“O ideal é que se coma até no máximo 30g por dia, pois mais do que isso pode ser prejudicial”, afirma. Além disso, o médico revela alguns mitos em torno do chocolate. “É importante acrescentar que os chocolates dietéticos nem sempre têm menos calorias. Essa especificação do produto contém apenas menos açúcar e em determinadas fórmulas pode disponibilizar ainda mais valores calóricos que a versão comum”, diz o especialista.

O endocrinologista acrescenta que os chocolates preto e branco têm quantidades de calorias praticamente similares, apesar da diversidade na composição. “O modelo preto contém pasta de cacau e açúcar e o branco tem manteiga de cacau, leite e açúcar”, conclui o especialista.

Leia mais:

Consumo de chocolate deve ser moderado

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Arlon Borges disse:

    Muito bom o artigo do endocrinologista do Lâmina Medicina Diagnóstica/ DASA, Frederico Marchisotti. Mas ele nem fala do que se diz hoje em dia, que chocolate faz bem, dá prazer etc.

  2. Geraldo Euclides disse:

    Está parecendo o “Samba do crioulo doido” antes da Páscoa saiu uma reportagem falando dos benefícios do chocolate; agora vem o contrario. Eu sempre digo que o melhor médico é você mesmo, só você sabe o que sente e como medicar-se (menos os portadores de doenças crônicas é claro!) eu como o que quero e se houver um enjôo, um mal estar, é só amassar umas folhas de Boldo beber e depois um chá do mesmo, dormir e pronto estou cuurado!

  3. Marcia Caetano disse:

    Muito bem lembrado. Tudo em excesso é prejudicial. O chocolate faz bem, entretanto apenas 30 graminhas por dia… Um ovo médio tem cerca de 150 gramas . È ou não é um exagero???

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *