Início » Vida » Ciência » Cérebro humano é capaz de aprender durante o sono
aprendizagem associativa

Cérebro humano é capaz de aprender durante o sono

Estudo comprova que cérebro é capaz de reter informações adquiridas durante o sono

Cérebro humano é capaz de aprender durante o sono
Cérebro continua aprendendo mesmo enquanto dormimos (Reprodução/O Globo)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Um estudo publicado na revista Nature Neuroscience comprovou que o cérebro humano é capaz de captar informações através do olfato ou da audição durante o sono.

A pesquisa foi conduzida durante três anos pela neurobióloga Anat Arzi, do Instituto da Ciência em Rehovot, Israel, e contou com a participação de 55 voluntários saudáveis.

O experimento foi feito através da aprendizagem associativa. Durante o sono os voluntários eram expostos a odores e sons agradáveis e desagradáveis. As sequências tinham um intervalo de tempo de dois segundos e meio entre a exposição a um odor agradável (como o perfume de um shampoo), ou desagradável (como o de peixe podre). Cada odor era acompanhado de um som específico.

Ao acordar, os voluntários suspiravam profundamente ao escutar os sons associados ao odor agradável, e davam suspiros curtos quando expostos ao som do odor desagradável. No entanto, pessoas com lesões no hipocampo, região do cérebro responsável pela criação da memória, não registraram informações.

A pesquisa mostra que a capacidade de aprender do cérebro continua ativa durante o sono.  “O fato de que as informações ficaram gravadas no cérebro e causaram reações fisiológicas idênticas, mesmo quando os pacientes estavam despertos, demonstra que eles passaram por uma aprendizagem associativa enquanto dormiam”, disse Arzi.

Arzi acredita que podemos aprender coisas ainda mais complexas do que odores e sons durante o sono. Mas, para a tristeza dos estudantes, a neurobióloga diz que isto não significa que dormir com o livro debaixo do travesseiro fará você aprender a matéria da prova. “Existe um claro limite do que podemos aprender durante o sono”, diz Arzi.

Em 2009, o neurocientista Tristan Bekinschtein declarou que alguns pacientes em estado de consciência mínima ou vegetativo podem ser condicionados a piscar em resposta a um sopro de ar nos olhos. No futuro, respostas condicionadas como esta podem ajudar médicos a diagnosticar condições neurológicas e prever quais pacientes tem chances de recuperação. A pesquisa de Arzi pode ajudar neste contexto.

Além disso, o estudo da neurobióloga pode ajudar em sessões de terapias de sono que ajudam a alterar o comportamento em casos de fobia.

Fontes:
Nature-How to learn in your sleep

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Marcos Rodrigo Minharo disse:

    Óbvio. Experimente pedir para alguém gravar algumas frases sem você saber quais são e as deixe repetindo enquando você dorme…

  2. Ezequiel Domingues dos Santos disse:

    Interessante isso, eu já fiquei sabendo que até pequenas quantidade de calorias perdemos dormindo também.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *