Início » Vida » Saúde » Cientistas bloqueiam transmissão da dengue
Medicina

Cientistas bloqueiam transmissão da dengue

Doença mata mais de 12 mil pessoas e afeta mais de 50 milhões por ano em todo o mundo

Cientistas bloqueiam transmissão da dengue
Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue (Fonte: Reprodução/AP)

Cientistas australianos anunciaram aquele que pode ser um dos maiores avanços até agora na luta contra a dengue. Foi descoberto que uma bactéria denominada Wolbachia, que ataca apenas insetos, é capaz de bloquear a capacidade dos mosquitos Aedes Aegypti de transmitir o vírus da doença.

Leia também: Redes sociais contra a dengue

A pesquisa foi publicada na revista científica Nature. Após testes em laboratórios, os cientistas soltaram 300 mil mosquitos Aedes Aegypti adultos infectados com a bactéria Wolbachia em duas áreas relativamente remotas da Austrália ao longo de um período de aproximadamente dez semanas. Quase todos os mosquitos selvagens da mesma espécie que foram submetidos a testes foram infectados e, assim, impedidos de transmitir a dengue.

Método barato e eficiente

Trata-se de uma maneira eficiente e barata de impedir a transmissão do vírus da dengue, doença que mata mais de 12 mil pessoas e afeta mais de 50 milhões por ano em todo o mundo.

“Este é o primeiro caso em que populações de insetos selvagens foram transformadas para reduzir sua habilidade de agir como vetores de doenças humanas”, dizem os cientistas.

Fontes:
BBC Brasil - Cientistas testam com sucesso método de impedir transmissão de dengue

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

7 Opiniões

  1. Helo disse:

    Viva os pesquisadores, que venha para cá esta santa bactéria!

  2. David disse:

    Aqui no Brasil, a Fiocruz também está desenvolvendo uma vacina que previne a dengue…acho que chegará primeiro!

  3. ProfFrancisco Leal disse:

    Depois de Deus, a ciência tem seu poder de cura e defesa…

  4. Patrocínio Vicente disse:

    parabéns a estes homens que dedicam suas vidas a estudar,para sempre descobrir algo que venha aliviar ou mesmo acabar com um mal que assola a humanidade.
    Aqui no Brasil, nossos cientistas deveriam lutar para encontrar uma solução para acabar com o caramujo africano que já se espalhou por todo o pais.

  5. Leandro Santos disse:

    Com certeza um dos maiores avanços até agora na luta contra a dengue.
    Abraçoss

  6. João Cirino Gomes disse:

    Boa noticia, no Brasil muitos vão ficar chocados, pois acabaram suas boquinhas de desvios das verbas destinas ao combate a dengue!
    E como no Brasil existe sempre um jeitinho: Talvez apareça um projeto para importar os mosquitos combatentes da dengue, só para superfaturar na compre dos insetos!
    Vc ri é?
    Duvide não,aqui neste país da demagogia e do; quem pode mais chora menos, tudo é possível!

  7. Carlos U. Pozzobon disse:

    Grande feito. Vai valer um prêmio Nobel.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *