Início » Vida » Ciência » Cientistas descobrem uma forma simples de diminuir as calorias do arroz
Saúde

Cientistas descobrem uma forma simples de diminuir as calorias do arroz

Passos simples no cozimento do grão podem resultar em uma manipulação química do ingrediente e gerar resultados positivos para a saúde

Cientistas descobrem uma forma simples de diminuir as calorias do arroz
Uma xícara de arroz tem cerca de 200 calorias, a maioria dos quais vem sob a forma de amido, que se transforma em açúcar, e muitas vezes depois disso em gordura corporal (Reprodução/Internet)

O arroz é um ingrediente crucial na cozinha de várias nações, e é talvez a comida mais onipresente no mundo. Mas, o consumo de arroz branco, em particular, tem sido associado a um maior risco de diabetes. No entanto, pesquisadores da  Faculdade de Ciências Químicas no Sri Lanka estão estudando uma nova maneira de cozinhar o arroz que pode reduzir suas calorias em até 50%. O método engenhoso, que em sua essência é apenas uma simples manipulação química, envolve, na prática, apenas alguns passos simples.

“O que nós fizemos foi cozinhar o arroz como normalmente se faz, mas quando a água está fervendo, antes de adicionar o arroz cru, nós adicionamos óleo de coco – cerca de 3% da quantidade de arroz que você vai cozinhar”, disse Sudhair James, que apresentou sua pesquisa preliminar no Encontro Nacional & Exposição da Sociedade America de Química. “Depois que ele estava pronto, nós o deixamos esfriar na geladeira por cerca de 12 horas. E é isso.”

Uma xícara de arroz tem cerca de 200 calorias, a maioria dos quais vem sob a forma de amido, que se transforma em açúcar, e muitas vezes depois disso em gordura corporal. Nem todos os amidos são criados da mesma forma. Alguns, conhecido como amidos digestíveis, levam pouco tempo para serem digeriridos, são rapidamente transformados em glicose, e depois em glicogênio. O excesso de glicogênio acaba por aumentar a concentração de ácidos graxos no sangue, fazendo com que o excesso de ácidos graxos seja armazenado dentro de células na forma de gordura. Enquanto isso, outros tipos de amido, chamados de amidos resistentes, levam um longo tempo para que o corpo consiga processá-los, logo, eles não são convertidos em glicose ou glicogênio, por conta da falta de capacidade em digeri-los. Desta forma, este tipo tem menos calorias.

No entanto, pesquisas têm mostrado que pode ser possível modificar os tipos de amido encontrados em alimentos, modificando a forma como eles são preparados. Compreendendo isso, os pesquisadores Sudhair James e Pushparajah Thavarajah testaram oito diferentes receitas em 38 tipos diferentes de arroz encontrados no Sri Lanka. Eles descobriram que adicionando um lipídio (óleo de coco, neste caso) antes de cozinhar o arroz, e, em seguida, o esfriando imediatamente depois que ele foi feito, isso é capaz de mudar drasticamente a  composição do arroz, e para melhor.

Até agora eles têm apenas medido o resultado químico do método de cozimento mais eficaz nos menos saudáveis dos 38 tipos. O resultado foi a redução de 10 a 12% em calorias. “Com o melhor tipo, esperamos reduzir as calorias em até 50 a 60%”, disse James.

 

Fontes:
The Washington Post-Scientists have discovered a simple way to cook rice that dramatically cuts the calories

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *