Início » Vida » Saúde » Consumo de chocolate deve ser moderado
Saúde e Bem-estar

Consumo de chocolate deve ser moderado

Consumo de chocolate deve ser moderado
Excesso de chocolate é prejudicial

A Páscoa é uma data festiva que faz a alegria das crianças e adultos. Reunião em família, almoços, feriado, e claro, ovos de chocolate. Pois é exatamente o excesso de chocolate, que preocupa o endocrinologista Sergio Vencio, do Lâmina Medicina Diagnóstica/ DASA. “Embora seja rico em nutrientes, o consumo deve ser moderado. Ganho de peso e distúrbios gastrointestinais como diarréia, náuseas e vômitos são algumas das consequências do abuso”, alerta o especialista. Segundo ele, o doce deve ser evitado por crianças com menos de um ano e o consumo diário não deve ultrapassar 30 gramas de chocolate ao dia.

Em caso de abuso do doce pelos pequenos pode ocorrer diarréia, o que levaria a necessidade de suspensão imediata da guloseima e hidratação da criança com líquidos. “Se houver desidratação, deve-se procurar um hospital”, aconselha.

Maior precaução e vigilância devem ter os pais de crianças com alergia a algum dos componentes do chocolate. “Nesses casos, deve-se parar de consumir e procurar orientação médica”, observa o especialista. Sintomas como coriza, urticária, tosse seca e mal estar devem ser monitorados para alertar sobre o limite da ingestão. Aqueles que têm intolerância à lactose podem procurar ovos de chocolate amargo e meio amargo.

Os diabéticos podem recorrer aos ovos diet. “Mas o consumo deve ser bem moderado, porque ele tem uma quantidade de gordura maior do que o ovo tradicional”, alerta. Crianças com diabetes tipo 1 devem ter uma atenção redobrada. A terapia de contagem de carboidratos permite a ingestão de açúcar, mas a pessoa tem que ser treinada pelo médico ou de preferência por uma nutricionista especializada no assunto. “O excesso de açúcar, no caso em questão, do chocolate em diabéticos tipo 1, pode induzir a um quadro conhecido como Cetoacidose diabética, com altíssimas taxas de glicemia, desidratação e até eventual necessidade de internação em UTI”, diz.

No entanto, embora calórico, o chocolate saboreado com moderação faz bem para o corpo e para a mente. “Ele contém nutrientes como cálcio, fósforo, proteínas e outros minerais necessários ao organismo e é fonte de antioxidantes (especialmente o amargo) que combatem os radicais livres e ajuda a diminuir o colesterol”, explica o endocrinologista, acrescentando que o chocolate também leva ao estímulo à produção de serotonina, o que promove bem estar e alivia a tensão. Porém a sua ingestão em excesso atrapalha e muito o emagrecimento e pode levar a dependência psicológica.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

8 Opiniões

  1. Dorival Silva disse:

    Muito bom o artigo do Dr. Sergio Vencio, do Lâmina Medicina Diagnóstica/ DASA.

  2. Markut disse:

    Que alívio!. Eu, que me considerava um chocólatra, vejo que as 30 gramas diárias são um generoso limite para o meu vício.

  3. LUIZ ANTONIO VIEIRA BARBI disse:

    AO QUE ESTÁ ESCRITO…ARTIGO MUITO FALHO!!
    CASO O MEDICO SERGIO VENCIO TIVESSE TRABALHADO EM UMA INDÚSTRIA DE CHOCOLATES, ELE SABERIA QUE TODO PROBLEMA ESTÁ NO EXCESSO DE AÇÚCAR UTILIZADO NAS FORMULAÇÕES!!
    OUTRA COISA A SER DITA É QUE O BOM CHOCOLATE NUNCA USA GORDURA VEGETAL NA FORMULAÇÃO, MAS USA SOMENTE MANTEIGA DE CACAU…
    ASSIM SENDO…NESTE ARTIGO SERIA ÓTIMA OPORTUNIDADE EXPLICAR ESTAS COISINHAS BÁSICAS…

  4. Evandro Correia disse:

    Já sabíamos que o colega Barbi não tem educação, mas agora ponho em dúvida a inteligência dele. Ou então comentou sem ler direito. O médico recomenda claramente o chocolate amargo, ou seja, sem açúcar, ou com pouco açúcar.

  5. luiz antonio vieira barbi disse:

    EVANDRO CORREA!!! PRESTA MUITA ATENÇÃO!!!!!
    NUNCA TE OFENDI, AO CONTRÁRIO, VÁRIAS VEZES AQUI ESCREVI QUE APOIAVA TOTALMENTE SEUS COMENTÁRIOS!!
    VOCE ERROU MUITO SÉRIO EM ME OFENDER E TENHA ABSOLUTA CERTEZA QUE VOCE NÃO TEM A ´MÍNIMA NOÇÃO DO PERIGO….

  6. helia disse:

    Já com idade e como não tomo café, tomo de manhã um chocolate gelado com certa culpa. Conheci uma venezuelana extreamamente brilhante e com muito viço aos 98 anos. Quando lhe perguntei sobre sua alimentação ela respondeu com grande orgulho: “Quezo y chocolate”. Esta resposta e o artigo me trouxeram algum perdão.

  7. helia disse:

    Creio que a ameça do sr. Barbi me faz desconfiar que ele possivelmente pode vir a ser parente do sr. Evandro. Parentes são sobretudo os inimigos que devemos temer.

  8. Plutarco Quaresma disse:

    Ele esqueceu que a moderação faz bem aos bolsos, dado que os preços estão nas alturas.
    Melhor do que comer é dar um abraço nos amigos, não engorda e não custa $$$.
    O médico nada disse sobre os chocolates brancos – ao que consta são péssimos para a saúde – e para os amargos, há uma diferença importante!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *