Início » Notícia » Mais uma pessoa testa positivo para ebola nos EUA
Estado de alerta

Mais uma pessoa testa positivo para ebola nos EUA

Enfermeira que tratou vítima da doença no Texas é o segundo caso confirmado no país

Mais uma pessoa testa positivo para ebola nos EUA
Profissionais da saúde no hospital onde o primeiro paciente com ebola morreu, no Texas (Reprodução/Getty)

Uma enfermeira em Dallas, no Texas, é a segunda pessoa infectada pelo vírus ebola em solo americano, informaram autoridades de saúde dos EUA neste domingo, 12.  Ela tratou o paciente liberiano que morreu do vírus na semana passada e testou positivo para a doença neste fim de semana.

Embora a enfermeira tenha usado equipamento de proteção, o último relatório do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) indicou uma clara violação do protocolo de segurança no Hospital Presbiteriano do Texas, onde o paciente foi internado.

Leia também: O alcance global do ebola através de viagens aéreas

A princípio o hospital não reconheceu o homem liberiano, Thomas Eric Duncan, de 42 anos, como um potencial paciente com ebola quando ele procurou tratamento. Duncan, a primeira pessoa diagnosticada com ebola nos Estados Unidos, morreu na última quarta-feira, 8.

O segundo caso amplia o possível alcance da doença em Dallas, reforçando temores da propagação de uma doença terrível em uma cidade já em estado de alerta. O novo diagnóstico também levanta questões sobre se a maioria dos hospitais nos Estados Unidos está preparada para lidar com a doença.

A enfermeira teve febre baixa na sexta-feira, 10, à noite. Ela foi ao hospital em algum momento depois disso e lá foi imediatamente internada e isolada, disseram autoridades. Ela tinha estado em contato com apenas uma pessoa, que estava com ela quando a febre começou. Essa pessoa também foi colocada em isolamento no hospital.

Reforço dos protocolos

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, solicitou que as autoridades federais reforcem as medidas de segurança para garantir que o sistema médico do país esteja preparado para seguir protocolos corretos para lidar com a doença, após a violação de protocolos em Dallas. O comunicado foi enviado pela Casa Branca no último domingo, 13.

Para o líder americano, as autoridades devem “tomar medidas adicionais imediatas para garantir que hospitais e profissionais de saúde em todo o país estejam preparados para seguir os protocolos caso se defrontem com um paciente com ebola”.

 

 

Fontes:
The New York Times - Nurse Who Treated Ebola Victim in Texas Tests Positive for the Virus
O Globo-Obama pede reforço dos protocolos de segurança no tratamento ao ebola nos EUA

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *