Início » Vida » Ciência » OMS adia por 3 anos a fixação de uma data para destruição do vírus da varíola
Ciência e Saúde

OMS adia por 3 anos a fixação de uma data para destruição do vírus da varíola

Os partidários da destruição imediata do vírus alegam o temor de que ele caia nas mãos de terroristas

OMS adia por 3 anos a fixação de uma data para destruição do vírus da varíola
O vírus ainda é usado em pesquisas

Os países-membros da Organização Mundial de Saúde (OMS) decidiram nesta terça-feira, 24, que uma nova data para destruir as últimas amostras do vírus da varíola só será fixada daqui a três anos, quando ocorrerá a Assembleia Mundial de Saúde. A doença foi erradicada em 1980 e as últimas amostras do vírus estão armazenadas em laboratórios nos Estados Unidos e na Rússia.

Em 1986 os países membros já haviam decidido pela destruição do vírus, mas a data para que isso ocorra nunca foi fixada, pois ainda há pesquisas sendo realizadas. Em 25 anos, esta é a quarta vez que 193 membros da OMS abordam a questão.

Os partidários da destruição imediata do vírus alegam o temor de que ele caia nas mãos de terroristas. Analistas dizem que a única maneira de o vírus voltar a se espalhar é caso as amostras  caiam em mãos erradas, já que não há mais possibilidades de contágio natural, uma vez que o vírus não está mais na natureza e nem no homem e em outros animais.

Os EUA, que armazenam 400 amostras, e a Rússia, 120, reiteraram suas posições favoráveis a guardar por mais algum tempo os vírus com o fim de pesquisa. Disseram que é prudente que se mantenha os dois centros atuais para que sejam desenvolvidas vacinas mais eficientes, mas assinalaram que apoiam a destruição do vírus.

Fontes:
Estadão - OMS adia 3 anos decisão de data para destruir vírus varíola

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *