Início » Vida » Saúde » Quem deve ter prioridade na fila de espera para transplantes?
Saúde

Quem deve ter prioridade na fila de espera para transplantes?

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Nos EUA, há quem defenda que a preferência na ordem de doação de órgãos seja dada a pacientes que zelam mais por sua saúde e que, portanto, tendam a ser mais "cuidadosos" com o novo órgão. Não beber e manter o peso ideal já seriam vantagens.

Hoje, o número de pessoas aguardando por uma doação de órgãos nos EUA é maior do que nunca. De acordo com a ONG UNOS, entre setembro e dezembro do ano passado pela primeira vez na história do país a lista de espera para transplantes chegou a cem mil pessoas. A lista atual é de 100.457 pessoas, sendo que três em cada quatro precisam de um rim.

A UNOS afirma que 45% dos pacientes da lista estão esperando há dois anos ou mais por doação de rim, coração, fígado ou algum outro órgão. Com o aumento da lista de espera, a ONG LifeSharers propôs à UNOS (responsável pela lista) que a preferência seja dada a pacientes que concordaram em se tornar doadores de órgãos antes de ficarem doentes. Atualmente a lista dá prioridade aos pacientes em estado mais grave.

Fontes:
USA Today - Proposal: Sign a donor card, move up on transplant list

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. batista disse:

    Seria uma questão de Justiça, prioridade àquelas pessoas que prezam por uma vida regrada sem excessos.Os que curtem,drogas e libertinagens, condutas que é do conhecimento de todos,não poder usufruir dos mesmos direito dos primeiros, acima citados. No caso do Brasil, as condutas irreponsaveis(uso de drogas e promiscuidades) sobrecarregam o sistema de saude já precario, razão que deveriam arcar com planos de saude privado para "curtir" esses excessos ou aguardar na fila oportunidade.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *