Início » Vida » Saúde » Síndrome da fadiga crônica levada a sério como doença
Saúde

Síndrome da fadiga crônica levada a sério como doença

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Durante décadas, as pessoas que sofrem de síndrome da fadiga crônica lutaram para convencer médicos, patrões, amigos e até mesmo familiares de que não estavam fantasiando seus sintomas.

Hoje, a síndrome está finalmente ganhando status de doença. Em 1999, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC, na sigla em inglês) admitiu que usou em outros programas milhões de dólares destinados pelo Congresso norte-americano a pesquisas sobre a síndrome. Hoje, o CDC vem publicando estudos que ligam a síndrome a mutações e anomalias genéticas relacionadas a importantes processos fisiológicos.

O CDC também vem patrocinando uma campanha sobre a doença no valor de US$ 6 milhões. A síndrome da fadiga crônica afeta mais mulheres do que homens e causa fadiga extrema, distúrbios do sono e outros sintomas.

Fontes:
NY Times - Chronic Fatigue Syndrome No Longer Seen as ‘Yuppie Flu’

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. ENEIDE SENA MACAMBIRA BASTOS disse:

    Excelente matéria, posto que milhares de pessoas no mundo sofrem com SFC, causada também por estresse e doenças como a fibromialgia, que é o meu caso.

    No entanto, o nosso maior sofrimento é o descrédito, poi sninguém vê dor e fadiga, muito snos tacham de preguiçosos, hipocondríacos, doidos, e ninguém dá ouvido às nossas queixa, até muitos médicos.
    Temos no orkut várias comunidades de portadores de fibromialgia que sofrem com a SFC que é um dos sintomas dessa síndrome.

    Eu estou em tratamento psiquiátrico e fazendo sessões de acupuntura ´há 1 ano de 2 meses, mas tive os primeiros sintomas ao 15 anos, vindo a obter o diagnóstico somente em abril/2007, aos 41 anos de idade.

    Nesse período, peregrinei por diversos esecialistas e fiz os mais diversos exames, todos negativos, ou seja eu não tinha nada, e me "doía tudo".

    Agradeço a vocês pela matéria publicada.

    Irei postar o link no blog.

    Eneide Macambira, Uma Guerreira de Fibra!

    Link do Blogger.com, onde tenho 1 blog e participo de outro da ABRAFIBRO.
    http://www.blogger.com/home

  2. Edcleia disse:

    Boa tarde!

    É muito importante a abordagem da SFC, pois acomete milhares de pessoas. Também faz parte de várias doenças, inclusive a fibromialgia.
    Sofro a vários anos de fibromialgia, porém só descobri a 5 anos aproximadamente, pois muitos médicos não estão familiarizados com a doença.
    O que mais incomoda além dos sintomas é claro, é a desconfiança que as pessoas tem com os portadores desse tipo de infermidade, pois nenhum exame detecta, apenas o exame físico e os sintomas. Os portadores de Fibromialgia, SFC entre outras, são vistas como preguiçosas, hipocondriacas, deprimidas, neuroticas. Tanto pelos familiares e amigos, quanto por médicos que mal conhecem a doença.
    Essas pessoas tem se juntado para poderem conseguir reconhecimento das autoridades, dos médicos e da sociedade, pois a fibromialgia é uma doença terrível, em que muitas pessoas buscam nos remédios para dores oncologicas para o alívio de usas dores, pois o organismo já acostumou com os remédios utilizados com frequência.
    Eu estou em tratamento desde que descobri a doença, faço caminhada pois os remédios sozinhos não dão resultados satisfatórios, porém os sintomas nunca somem.
    Agradeço pela publicação desta matéria e gostaria de pedir que também publicassem sobre fibromialgia.

    Um grande abraço!

    Edcleia

  3. claudio disse:

    Sou claudio,alguem conhece un centro onde ir para a fatiga cronica?Eu nao conheco e gostaria muito de saber.Neu enail e’ claudio.lauria@email.it

    Obrigado

  4. Suely Salles disse:

    Olá.
    Comecei a sentir dores pelo corpo e resolvi pesquisar….Provas de reumatísmo não deu nada. COLUNA VERTEBRAL….. várias vértebras com problemas. Acabei me deparando com um livro de RUY MERCúrio , editora Nobel,2* edição ,1978. Título; O que vc deve saber sobre coluna vertebral.
    Essa danada é responsável pelas dores no corpo e todas as consequencias de uma inatividade forçada. Como sou professora de Educação Física , fiz para mim um programinha basico de exercícios que pratico antes de sair da cama e tem me ajudado muito. São feitos devagar e com calma. Se alguém quiser saber é só me contatar,( não cobro nada) será um prazer ajudar. A hidroginástica em água morna também ajuda muito, desde que seja bem orientada. Depois do almoço dou uma descansada e levanto renovada minhas dores, agora são bem menores, um analgésico de vez em quando e pronto.É bom lembrar que os exercícios devem ser feitos pelo resto da vida.Vão manter sua coluna em disposição suficiente para aquentar o peso da sua extrutura. Beijos e FORÇA.
    Não entreguemos os pontos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *