Início » Notícia » Tuberculose supera Aids como doença infecciosa mais mortal
ALERTA DA OMS

Tuberculose supera Aids como doença infecciosa mais mortal

Segundo relatório da OMS, no ano passado, 1,5 milhão de pessoas morreram da doença, enquanto 1,2 milhão foram vítimas do HIV

Tuberculose supera Aids como doença infecciosa mais mortal
Por vezes, as duas doenças afetam os mesmos grupos de pessoas (Foto: ABr)

A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou um relatório na última quarta-feira, 28, que aponta que a tuberculose superou a Aids como doença infecciosa mais mortal do mundo. Segundo o documento, no ano passado, 1,5 milhão de pessoas morreram da doença, enquanto 1,2 milhão foram vítimas do HIV.

Por vezes, as duas doenças afetam os mesmos grupos de pessoas. No ano passado, foram registradas 400 mil mortes de vítimas de ambos os males. No mundo, foram relatados 9,6 milhões de novos casos de tuberculose, em 2014, sendo que 12% dos casos eram de portadores de HIV. Apesar dos dados, o diretor do programa mundial sobre a tuberculose na OMS, Mario Raviglione, disse que os programas de saúde dão atenções diferentes para as duas doenças. “A tuberculose merece a mesma atenção que o HIV/AIDS. Elas estão matando no mesmo ritmo”, disse Raviglione.

Para a OMS, investimentos adicionais de US$ 1,4 bilhão seriam necessários para combater a epidemia de tuberculose e de US$ 1,3 bilhão para pesquisas de novas drogas e vacinas. A OMS também aponta no relatório que os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, definidos em 2000, foram cumpridos em 16 dos 22 países que concentram 80% dos casos.

O relatório ainda destaca que a taxa global de mortalidade caiu praticamente pela metade, em relação a 1990, e desde 2000, 43 milhões de vidas foram salvas graças aos avanços no diagnóstico e no tratamento, além de a incidência de novos casos ter caído 18%, numa média de 1,5% ao ano. “A mortalidade da tuberculose está diminuindo, mas nós precisamos estimar novamente a situação global baseados em novas informações recebidas de países cruciais, incluindo a Indonésia”, disse Raviglione.

No entanto, o relatório destaca pontos para melhorar. Mais de um terço dos 9,6 milhões de novos casos do ano passado (3,6 milhões) não foram relatados às órgãos de saúde e a taxa de cura média no mundo é de 50%. A partir do ano que vem, os países membros da OMS buscarão reduzir a incidência em 80% e o número de mortes em 90% até 2030, com o objetivo de eliminar a epidemia.

Fontes:
O Globo-Tuberculose supera Aids como doença infecciosa mais mortal

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *