Início » Vida » Comportamento » A nova tecnologia anti-bullying do Instagram
TECNOLOGIA

A nova tecnologia anti-bullying do Instagram

Inteligência artificial que questiona se a pessoa quer realmente postar determinado comentário depreciativo é lançada gradualmente na plataforma

A nova tecnologia anti-bullying do Instagram
Nova ferramenta está sendo implementada aos poucos (Foto: Pexels)

O Instagram, uma das principais redes sociais da atualidade, está lançando uma ferramenta para combater comentários maldosos – o chamado bullying virtual. Como a rede social é baseada em imagens, visto que é voltada para compartilhamento de fotos, a ferramenta promete reduzir o número de comentários depreciativos.

Um novo recurso de inteligência artificial vai identificar comentários maldosos e, antes do usuário publicá-lo, perguntará se a pessoa “tem certeza que deseja postar isso”. Esse pequeno questionamento promete fazer o internauta repensar o comentário que faria.

“Esta intervenção dá às pessoas a chance de refletir e desfazer seus comentários e impede que o destinatário receba a notificação de comentário prejudicial. Desde os primeiros testes com esse recurso, descobrimos que isso incentiva algumas pessoas a desfazer seus comentários e compartilhar algo menos doloroso, uma vez que tenham a chance de refletir”, explicou o presidente-executivo do Instagram, Adam Mosseri, através de um comunicado

Foto: Divulgação/Instagram

A ferramenta ainda está em desenvolvimento e sendo lançada aos poucos na plataforma. Em um primeiro momento, a inteligência artificial só identificará comentários depreciativos feitos em inglês. No entanto, no futuro, a identificação será estendida para outras línguas. 

Apenas nos Estados Unidos, segundo uma pesquisa da Pew Research Center, 59% dos adolescentes sofreram bullying pelas redes sociais. Já no Reino Unido, um estudo do Escritório de Comunicações do governo (Ofcom, em inglês) demonstrou que o assédio online estava em ascensão, segundo noticiou o Guardian.

“Conforme nossa comunidade cresce, o mesmo acontece com nosso investimento em tecnologia. Isso é especialmente crucial para os adolescentes, pois é menos provável que denunciem o assédio online, mesmo quando são os que mais o experimentam”, destacou Mosseri.

Além do recurso já lançado, que está sendo implementado aos poucos, o Instagram promete utilizar, em breve, uma nova ferramenta para proteger os usuários do assédio online. Trata-se do “Restrict” (Restringir, em tradução livre), que não bloqueia ou apaga os comentários do usuário, mas deixa-o restrito.

Dessa forma, os usuários poderão controlar quem vê um comentário possivelmente depreciativo. A novidade está sendo trabalhada porque muitos usuários do Instagram preferem fingir não se importar com o assédio online do que excluir comentários ou bloquear o assediador, principalmente se ele fizer parte do seu ciclo social.

“Ouvimos de jovens em nossa comunidade que eles relutam em bloquear, deixar de seguir ou denunciar seu agressor porque isso poderia agravar a situação, especialmente se eles interagem com seu agressor na vida real. Algumas dessas ações também dificultam que um alvo [assediado] acompanhe o comportamento do bully [quem comete o bullying, o assédio]”, afirmou Mosseri sobre a nova ferramenta.

Foto: Divulgação/Instagram


Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Almanakut Brasil disse:

    E a tecnologia anti-spam?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *