Início » Gráfico » O declínio do spam
Tecnologia

O declínio do spam

Em 2004 em Davos, Bill Gates antecipou a morte do spam. Sua profecia pode finalmente estar se realizando

O declínio do spam
A polícia está combatendo os produtores de spam. E os usuários da internet estão ignorando-os (Reprodução/The Economist)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Em 2004 em Davos, Bill Gates antecipou a morte do spam. Sua profecia pode finalmente estar se realizando. Desde um pico em 2008, a parcela de e-mails que são lixo caiu todos os anos.

No ano passado essa proporção caiu de 80% para 67% do total global, de acordo com a Kaspersky Lab, uma empresa de segurança virtual. Os filtros de spam estão cumprindo seu dever. Tecnologias sofisticadas estão autenticando os remetentes. A polícia está combatendo os produtores de spam. E os usuários da internet estão ignorando os spams que conseguem chegar as suas caixas de correio.

Muitos remetentes de spam passaram a vender suas bolsas falsificadas e curas para a calvície através de anúncios virtuais, que costumam ser mais baratos e têm uma taxa de probabilidade de clique maior.

Fontes:
The Economist-Read this and win million$!!!

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *