Início » Economia » Internacional » Por que os anunciantes amam o seu celular?
Alvos móveis

Por que os anunciantes amam o seu celular?

Capacidade de rastreamento de dispositivos móveis cria novas possibilidades de marketing

Por que os anunciantes amam o seu celular?
De um ponto de vista comercial, o melhor recurso de um celular é a sua capacidade de ser localizado (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O mantra dos marqueteiros de alcançar  “a pessoa certa com a mensagem certa na hora certa” tornou-se muito mais viável nos últimos anos. Os dispositivos móveis, ao contrário de desktops, são normalmente usados por uma única pessoa, o que ajuda os anunciantes a direcionar seus produtos a consumidores específicos. Intimamente ligados à vida pessoal e aos hábitos diários das pessoas, os dispositivos móveis são verdadeiros espelhos de seus donos.

Este ano, pela primeira vez, os americanos vão passar mais tempo navegando a internet em celulares e tablets do que em desktops. Na Grã-Bretanha o mesmo deve acontecer em 2015. Os gastos globais com publicidade específica para celulares e tablets têm crescido rapidamente também, atingindo 19,3 bilhões em 2013, quase o dobro do valor investido em 2012.

De um ponto de vista comercial, o melhor recurso de um celular é a sua capacidade de ser localizado. Os anunciantes estão testando uma tecnologia conhecida como”geofencing”, que lhes permite enviar anúncios específicos a pessoas dentro de uma determinada área.

Nos EUA, o site 1-800-Flowers, que vende arranjos de flores, começou a enviar anúncios para celulares dentro de um raio de distância de suas lojas. A Pantene se reuniu com o Weather Channel, um canal especializado em previsão do tempo, para direcionar anúncios de produtos de cabelo específicos para pessoas de acordo com o clima em seu código postal.

 

Fontes:
The Economist-Moving targets

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *