Início » Notícia » Robôs podem se adaptar a todos os tipos de danos
Aprendizado de máquina

Robôs podem se adaptar a todos os tipos de danos

Pesquisa revela que robôs podem se adaptar às novas circunstâncias em casos de danos

Robôs podem se adaptar a todos os tipos de danos
Robô de seis pernas reduzido a cinco (Fonte: Reprodução/Antoine Cully/UPMC)

Se alguém tirar a roda de um aspirador de pó robô ele começará a rodar sem parar. No caso de um veículo não tripulado para missões espaciais, que esteja explorando um planeta distante, ou um robô em operações de busca e salvamento em lugares perigosos, as consequências de danos possivelmente serão mais dramáticas. Um número fixo de planos de contingência pode ser programado nos dispositivos, mas uma pesquisa publicada esta semana na revista Nature tem como objetivo ensinar os robôs a lidarem com qualquer tipo de dano.

Antoine Cully da Universidade Paris-Sorbonne na França e seus colegas desenvolveram um software, que permite a um robô fazer um mapa tridimensional de cada movimento que é capaz de executar, atribuindo um valor a cada um deles, porque nem todas as articulações e movimentos têm a mesma importância para o funcionamento da máquina, ou podem ser compensados com facilidade por outros.

Orientados por essa compreensão de sua estrutura física, os robôs testados pela equipe mostraram a capacidade de adaptação a todos os tipos de danos. Um robô de seis pernas reduzido a cinco, como na ilustração, e um braço robótico quebrado em 14 maneiras diferentes, descobriram como realizar suas missões em menos de dois minutos de adaptação às novas limitações.

Fontes:
The Economist - Coping with adversity

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *