Início » Notícia » Sete ferramentas para casas inteligentes
TECNOLOGIA

Sete ferramentas para casas inteligentes

As casas inteligentes já são realidade em muitos lugares, com dispositivos de controle de temperatura, fechaduras com biometria, entre outros

Sete ferramentas para casas inteligentes
Casas inteligentes mostram que o futuro já está acontecendo (Foto: Pixabay)

O futuro chegou. Nos dias atuais, temos acesso a internet de qualquer lugar do mundo. No bolso, um minicomputador (smartphone). No braço, mais uma espécie de computador (smartwatch). No rosto, ainda em desenvolvimento e adaptação, mais uma novidade (smartglass).

No entanto, as novidades eletrônicas/inteligentes não focaram apenas nos usuários como pessoa. Em muitos lugares do mundo as casas inteligentes já são realidade, com ferramentas de controle de conforto, som, temperatura, segurança, entre outras coisas.

Por isso, o Opinião e Notícia separou alguma delas e preparou uma lista com 7 ferramentas que podem facilitar a vida dos cidadãos.

Fechaduras inteligentes

Foto: Flickr/Maurizio Pesce

Para dar mais segurança as residências, foram desenvolvidas várias formas de fechaduras eletrônicas. Algumas só permitem o acesso da pessoa através do uso de um cartão eletrônico (muito comum em hotéis). Outras exigem uma senha eletrônica para que as pessoas possam acessar a casa.

No entanto, as principais novidades são aquelas que necessitam da utilização da digital, como já acontece em alguns modelos de smartphones. Além disso, outras fechaduras digitais com reconhecimento fácil já estão sendo comercializadas nas principais lojas brasileiras.

Casa inteligente

Foto: Stock Catalog/Flickr

As principais funções de uma casa sendo controladas pela própria voz. É isso que propõe a Alexa, da Amazon; o Google Assistente, da Google; o Siri, da Apple; e o Cortana, da Microsoft. Os gadgets, como são chamados, podem controlar volume do som, canal da TV, iluminação, cortinas, temperatura, entre outras coisas.

Ainda não é tão comum no Brasil, principalmente por exigir outras ferramentas inteligentes conectadas a eles, mas pode ser comparado aos softwares inteligentes dos smartphones, como a própria Siri, encontrado nos Iphones, e o Google Assistente, disponível em sistemas Android.

TVs inteligentes

Foto: Wikimedia

As smarTVs já são comuns no Brasil, encontradas em diferentes tamanhos e valores, com as mais variadas funções, e se ajustam ao bolso do brasileiro. Em muitas residências as televisões tradicionais já foram substituídas por televisores com acesso a internet.

Para os que não desejam trocar de televisão por agora, tanto a Apple, quanto a Google tem ferramentas que permitem que os televisores tenham as mesmas funções das smarTVs, sendo conectados aos smartphones, sendo eles a AppleTV e o Google Chromecast – outras ferramentas, de diferentes marcas, também exercem a mesma função, mas são menos comum.

Os aparelhos permitem que os smartphones transfiram suas telas para os televisores. Ou seja, é possível acessar a Netflix pelo celular e assistir em uma tela maior, assim como o YouTube e outros aplicativos.

Ferramentas de controle

Foto: Wikimedia

Ao contrário dos gadgets citados acima, as ferramentas de controle inteligente fazem o trabalho por elas mesmas, sem a necessidade de uma ordem. Por exemplo, ao notar que está ficando escuro, as luzes se acendem. Ao notar que está quente, o termostato ajusta a temperatura. Ao notar a claridade, as cortinas se movimentam para reduzir a iluminação, entre outras.

Limpeza inteligente

Foto: Wikimedia

A principal ferramenta nesse campo são os aspiradores de pó inteligente. Alguns são controlados remotamente, outros já fazem o trabalho completamente sozinhos, desviando ainda de possíveis obstáculos e retornando para a base quando a bateria está acabando. Os aspiradores trabalham até mesmo enquanto o dono da casa está fora, permitindo que a residência permaneça limpa.

Conforto inteligente

Foto: Divulgação

Já não é incomum encontrar camas e sofás que são controlados digitalmente, assim como, em uma comparação rasa, algumas camas de hospital são através de controles remotos. Por exemplo, algumas camas permitem que a firmeza do colchão seja alterada, assim como a altura ou sua posição, tudo feito digitalmente. Alguns modelos monitoram, até mesmo, a qualidade do sono, como é o caso da Sleep Number C2 Bed.

Segurança a distância

Foto: Divulgação

Assim como as fechaduras inteligentes, diferentes outras ferramentas prometem aumentar a segurança das casas do futuro. Uma delas, também relacionada à segurança das portas, é uma fechadura controlada através do smartphone, permitindo a entrada de outras pessoas, mesmo que o dono da residência não esteja próximo.

Já algumas câmeras inteligentes permitem que o dono da residência acompanhe todos os movimentos dentro de sua casa através da tela do smartphone. Outras são configuradas para que, sempre que algo acontecer, o dono ser notificado através do celular, estando sempre ciente de tudo o que acontece em sua casa, mesmo a distância.

 

Leia também: O ‘país inteligente’ que tem até residência digital
Leia também: Objetos domésticos inteligentes são realidade distante de consumidores

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *