Leclerc responde pela Ferrari, bate Red Bull e lidera TL2 no Azerbaijão – Notícia de Fórmula 1 – Grande Prêmio

imagem10-06-2022-15-06-31

FÓRMULA 1 2022: TUDO SOBRE A SEXTA-FEIRA DO GP DO AZERBAIJÃO | Briefing

Após as primeiras impressões tiradas mais cedo com o treino livre inicial do fim de semana do GP do Azerbaijão, a Fórmula 1 voltou à pista ainda na manhã desta sexta-feira (10) para realizar o segundo treino livre nas ruas da capital Baku. A ventania da outra atividade seguiu presente, assim como a força da Ferrari. Charles Leclerc terminou o dia como o mais rápido.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

A expectativa pré-fim de semana e a força da Red Bull no TL1 apontavam para certo favoritismo dos rubro-taurinos na longa pista azeri, mas Leclerc deu a resposta que a Ferrari queria ver e superou Sergio Pérez e Max Verstappen para mostrar que a equipe italiana está totalmente viva. Chega ao sábado ao menos em pé de igualdade na briga pela pole-position.

A maior preocupação veio nos instantes finais do treino, quando o carro #16 arrefeceu de velocidade. No rádio, Leclerc perguntou se havia algo de errado com o motor, mas a Ferrari respondeu que não. O monegasco questionou se a perda de potência era normal, então, certamente preocupado com o que aconteceu no GP da Espanha. De qualquer maneira, a potência voltou sozinha. É algo a ser observado.

Assim como pela manhã – e em todas as atividades em Mônaco -, Sergio Pérez terminou na frente de Max Verstappen. O mexicano foi segundo e esteve 0s248 mais lento que Leclerc, enquanto Verstappen ficou 0s356 atrás do líder.

Fernando Alonso furou Carlos Sainz, que sequer deu volta competitiva de pneus macios, e foi o quarto. O piloto da Ferrari veio no quinto lugar, mais de 1s atrás do companheiro. Pierre Gasly, George Russell, Yuki Tsunoda, Esteban Ocon e Lando Norris fecharam o top-10. Lewis Hamilton ficou na 12ª colocação.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL. No sábado, o TL3 está marcado para as 8h [de Brasília, GMT-3], enquanto a classificação começa às 11h.

F1 2022, AFP, GP DE AZERBAIJÃO, SEXTA, FERRARI, CHARLES LECLERCCharles Leclerc foi o mais rápido da sexta-feira (Foto: AFP)

imagem10-06-2022-15-06-31

Paddockast #151: Pérez fica! E Ricciardo? Gasly vai? O mercado de pilotos da F1 2023

Confira como foi o TL2:

Se Baku é conhecida como Cidade dos Ventos, estava fazendo valer o apelido ao longo da sexta-feira de treinos livres do GP do Azerbaijão. A Fórmula 1 retornou no horário marcado, 11h [de Brasília, 18h locais] para a atividade derradeira do dia e ainda pegou bastante vento – diminuição em relação à manhã até havia, mas era pequena.

Quem abriu os trabalhos do TL2 foi logo uma Ferrari: Carlos Sainz colocou o carro na pista com os pneus médios que a equipe italiana não usara mais cedo. Também foi rápido que Lando Norris escapou e foi parar numa das áreas de escape da pista. Nada grave, porém, porque o inglês seguiu viagem sozinho.

Assim como no TL1, a movimentação na pista era grande logo de cara. Em alguns minutos, todo mundo tinha saído da garagem e marcado uma volta cronometrada. A McLaren apostavam em conhecer os pneus duros, mas todas as outras equipes iam de médios.

Lewis Hamilton conseguiu apontar na liderança por alguns instantes por conta de uma volta em 1min46s295 marcada graças a um vácuo que o heptacampeão pegou atrás de Sergio Pérez. Era uma volta alta, porém, que logo caiu. Aliás, por falar em Hamilton, logo na sequência ele foi pego de surpresa quando avisado que já era o nono colocado e estava 2s3 atrás do novo líder, Charles Leclerc. “2s3? Que porra é essa?”, perguntou no rádio, espantado.

F1 2022, GP DE AZERBAIJÃO, SEXTA, MERCEDES, LEWIS HAMILTONLewis Hamilton está no Azerbaijão 15 após a primeira vitória na F1 (Foto: Mercedes)

A volta de Leclerc de pneus médios era 1min43s806 e dava a frente ao monegasco na frente das duas Red Bull. Enquanto isso, a preocupação de Carlos Sainz era com um saco plástico que encontrava na pista – algo que também acontecera com Esteban Ocon quase ao mesmo tempo. Seria o mesmo saco plástico? Um deles também tinha dado as caras na classificação da Fórmula 2.

A dupla da Red Bull também procurava algum tempo e se revezava entre a segunda e a terceira colocações. No momento em que o TL2 chegava aos 20 minutos, Pérez estava na frente de Max Verstappen. Na marca de meio treino, porém, Max era o segundo e empurrava ‘Checo’ para terceiro.

Com 30 minutos ainda pela frente, Leclerc, Verstappen, Pérez e Sainz formavam o top-4 esperado, enquanto George Russell colava em quinto. Fernando Alonso, Sebastian Vettel, Yuki Tsunoda, Ocon e Pierre Gasly fechavam o top-10.

A sanha de saltos ao top-10 logo antes dos 30 minutos, como Russell e Vettel pulando para as posições cinco e sete, mostrava o começo da utilização de pneus macios, que só aumentaria na sequência. Na tentativa dele, Kevin Magnussen escapado brevemente da pista, mas foi Alexander Albon quem triscou o muro na entrada da curva e causou certos na região do pneu dianteiro direito.

F1 2022, GP DE AZERBAIJÃO, SEXTA, ASTON MARTIN, SEBASTIAN VETTELSebastian Vettel tenta lidar com o carro da Aston Martin (Foto: Aston Martin)

Pouco depois, Mick Schumacher também passava direto. O alemão, após tantos acidentes em pistas de rua, estava bastante lento, inclusive, e tinha o pior tempo do TL2 por ampla margem – estava mais de 2s atrás do companheiro. Avisava ao time, ainda que, tinha algum problema e levava o carro à garagem.

Leclerc, por sua vez, aproveitou para fazer outra melhor volta: 1min43s224 de pneus macios. Em seguida, também passou do ponto na curva sete e ficou com a Ferrari parada por um instante. Segundo colocado, Pérez escapou na curva um. Muitas escapadas dos pilotos com pneus macios no TL2.

Mais saídas! Pérez de novo, agora na curva 15 e atrapalhando a volta rápida de Verstappen. O holandês seguia sem anotar giro competitivo com o pneu macio, bem como Sainz, que ficava para trás de Alonso. A volta de Max viria em seguida, 1min43s580 e não tirava o campeão do terceiro posto.

Depois disso, as voltas rápidas foram evaporando. Pilotos e equipes gastaram os 15 últimos minutos fazendo testes diversos e, assim, ninguém incomodou Leclerc. Deu tempo de mais uma saída de pista por parte de Sainz. Ainda tinha uma preocupação mais para os rossos: Leclerc perguntou se havia algum problema com o motor enquanto diminuía a velocidade, ao passo que a equipe respondeu que não havia nada. “A perda de potência foi normal?”, questionou já recuperando a velocidade. Mas era isso. A Ferrari conseguiu responder ao favoritismo da Red Bull.

F1 2022, GP do Azerbaijão, Baku, TL2:

1 C LECLERC Ferrari 1:43.224   24
2 S PÉREZ Red Bull 1:43.472 +0.248 22
3 M VERSTAPPEN Red Bull 1:43.580 +0.356 18
4 F ALONSO Alpine 1:44.142 +0.918 22
5 C SAINZ Ferrari 1:44.274 +1.050 25
6 P GASLY AlphaTauri Honda 1:44.315 +1.091 26
7 G RUSSELL Mercedes 1:44.548 +1.324 26
8 Y TSUNODA AlphaTauri Honda 1:44.567 +1.343 24
9 E OCON Alpine 1:44.609 +1.385 24
10 L NORRIS McLaren Mercedes 1:44.771 +1.547 23
11 S VETTEL Aston Martin Mercedes 1:44.781 +1.557 27
12 L HAMILTON Mercedes 1:44.874 +1.650 25
13 L STROLL Aston Martin Mercedes 1:44.874 +1.650 26
14 D RICCIARDO McLaren Mercedes 1:45.059 +1.835 25
15 V BOTTAS Alfa Romeo Ferrari 1:45.115 +1.891 25
16 G ZHOU Alfa Romeo Ferrari 1:45.264 +2.040 24
17 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:45.588 +2.364 26
18 A ALBON Williams Mercedes 1:46.397 +3.173 13
19 M SCHUMACHER Haas Ferrari 1:46.397 +3.173 21
20 N LATIFI Williams Mercedes 1:47.218 +3.994 26
imagem10-06-2022-15-06-32

BOTTAS É O PILOTO MAIS FELIZ DA FÓRMULA 1 2022 Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.