BMW M4: todas as gerações, motores e detalhes

O BMW M4 é um esportivo da marca de luxo alemã disponível em carrocerias cupê e conversível, sendo ele baseado na plataforma média do fabricante, tendo surgido no lugar dos antigos BMW M3 Coupé e M3 Cabriolet.

Em duas gerações, o M4 conseguiu fixar seu lugar no mercado mundial desde 2014, quando apareceu na geração F82 para o cupê e F83 para o conversível.

Desenvolvido pela divisão M com base no BMW Série 4, o M4 tem modificações importantes em relação ao produto padrão.

Nesse caso, o BMW M4 tem motor e transmissão atualizados, suspensão mais firme, sistema de escape com programação de ruído, freios com discos ventilados e pinças enormes.

O M4 tem ainda muitas partes de fibra de carbono, como no teto do carro, capô e tampa do porta-malas, dependendo da edição apresentada. Atualmente o BMW M4 não é vendido no mercado brasileiro.

BMW M4 – Primeira geração, G82/G83

O BMW M4 da geração atual tem um visual bem controverso, uma vez que a grade de duplo rim assumiu um tamanho muito grande e barras no lugar da grelha comum, o que ficou bem estranho.

Os faróis duplos Laserlight ganharam novos LEDs diurnos, enquanto o para-choque recebeu entradas duplas nas extremidades da grade, assim como entradas de ar verticais para refrigeração dos freios.

Tendo o conjunto ótico escurecido e o capô com vincos bem pronunciados, o M4 tem rodas de liga leve esportivas aro 19 polegadas na frente e 20 polegadas atrás.

Com pinças de freio M em cor azul ou vermelho, o BMW M4 tem freios a discos ventilados nas quatro rodas, mas apresenta um pacote M Carbon com discos de cerâmica e carbono.

O M4 tem apliques laterais pretos, saias laterais pronunciadas e para-choque traseiro com difusor de ar, além de quatro bocas de escape pretas.

Com protetor pronunciado, o M4 tem ainda lanternas escurecidas em OLED e retrovisores em fibra de carbono.

No M4 CSL, o capô tem duas faixas de fibra de carbono com faixas vermelhas, enquanto o teto de fibra de carbono com as mesmas faixas domina o conjunto.

As lanternas em OLED diferem do M4 normal, com apliques laterais similares aos do M4 padrão.

O BMW M4 Cabriolet tem capota de lona de acionamento elétrico com acionamento em 18 segundos e em até 50 km/h.

Por dentro, o BMW M4 tem vários detalhes em alumínio, com apliques em preto brilhante e volante em couro M com paddle shifts.

O cluster é digital e configurável, tendo display de 12,3 polegadas, já a multimídia iDrive8 e com projeção para Android Auto e CarPlay, entre outros.

Pedais esportivos e console com alavanca estilo joystick, botão de partida, modos de condução, freio de estacionamento eletrônico, entre outros.

Bancos esportivos com acabamento em couro e costuras duplas, carregamento indutivo de smartphone, entre outros.

No M4 CSL, o volante M é de fibra de carbono com Alcantara e marcador 00:00, fibras de carbono no console e no painel, além da sigla CSL em vermelho.

Os bancos são mais fechados num formato de concha, com acabamento em couro e fibra de carbono, enquanto o espaço traseiro não tem assentos, apenas dois espaços com telas elásticas.

Seu motor S58 M 3.0 TwinPower Turbo tem 480 cavalos e 55,9 kgfm, mas no M4 Competition e na versão xDrive com tração nas quatro rodas, entrega 510 cavalos e 66 kgfm.

Com transmissão automática ZF 8HP de oito velocidades, o BMW M4 vai de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos e com limitação em 250 km/h.

No pacote M Driver’s Package, que é adquirido separadamente e antes da entrega do carro, o limite de velocidade do M4 subiu para 290 km/h.

Versões

M4 CSL

O BMW M4 CSL é uma releitura do clássico M3 CSL e aposta no estilo e corte de peso, para se destacar no segmento de esportivos.

Na Alemanha, por exemplo, ele assumiu o lugar do M4 padrão e do M4 Competition, não mais oferecidos por lá.

Assim, ele fica ao lado do M4 Cabrio e do M440 Gran Coupé, que não é um legítimo M4 e sim uma proposta próxima deste.

Com visual personalizado, o M4 CSL na linha 2022 tem grade estilizada com poucas barras em vermelho, assim como spoilers e saias laterais com acabamento preto e vermelho.

O cupê de alta performance tem ainda quatro escapes centralizados, assim como faixas e detalhes externos em fibra de carbono.

Por dentro, o M4 CSL aplica muita fibra de carbono e Alcantara, bem como bancos de fibra de carbono envolventes e espaço traseiro sem assentos.

Com rodas aros 19 e 20 polegadas, o BMW M4 CSL temm pinças de freio volumosas, discos de cerâmica-carbono e suspensão reajustada pela divisão M.

M4 x Kith

A BMW decidiu fazer uma parceria com a marca Kith, marca de estilo de vida que fornece itens de vestuário para crianças e adultos, criando assim a edição BMW M4 x Kits, que tinha detalhes exclusivos.

Essa edição do BMW M4 teve 150 exemplares e dotado de bancos cor específica com o nome Kith gravado múltiplas vezes no encosto de cabeça, criando um visual único.

O BMW M4 x Kith foi oferecido nas cores preto-fosco, prata e branco, tendo ainda teto de fibra de carbono tem o logotipo Kith.

M4 M Performance Parts

O BMW M4 recebeu também uma edição especial chamada M4 M Performance Exhaust que, como o nome diz, tem sistema de escape especial.

O M4 M Performance Parts vinha com pacote de personalização com detalhes em fibra de carbono, tendo ainda canards, spoiler em fibra de carbono, difusor de ar de fibra de carbono.

Com seu pacote visual bem aerodinâmico, o BMW M4 M Performance Parts chamou atenção por ter peças feitas por fabricantes diferentes e ainda hoje existe este pacote de customização.

Motor

O BMW M4 tem motor de seis cilindros em linha S58, desenvolvido pela divisão M da BMW. Diferente do B58, do qual deriva, o S58 é montado à mão e retrabalhado para alcançar mais potência e torque.

Com uma programação específica para o M4, o S58 tem duas versões de potência e torque, empregando dois turbos twin scroll, que tem dupla câmara com variação de compressão.

Equipado com comandos de válvulas Vanus e sistema de abertura e fechamento de válvulas Valvetronic, o S58 tem 2.993 cm³.

Sua construção possui pistões, anéis e bielas reforçadas, assim como as válvulas e o virabrequim forjado, bem como uma programação de injeção de combustível de alta pressão.

De conceito modular, o S58 – que equipa também os modelos BMW X3 M e X4 M, além do M3 – entrega 480 cavalos e 55,9 kgfm na versão padrão do M4.

No caso do BMW M4 Competition, os números são melhores, chegando a 510 cavalos e 66 kgfm, com a faixa vermelha começando em 7.200 rpm.

Montado em longitudinal, o S58 do M4 é acoplado a uma transmissão automática ZF 8HP de oito marchas com conversor de torque e gerenciamento específico feito pela divisão M.

Com tração traseira dotado de diferencial de deslizamento limitado eletrônico (M Differencial), o M4 tem ainda a versão xDrive com tração nas quatro rodas com diferencial central.

O M4 tem na Europa uma opção de transmissão manual de seis marchas com embreagem de acionamento hidráulico, para atender os clientes mais puristas.

Desempenho e consumo

O BMW M4 é um carro de excelente performance e faz de 0 a 100 km/h em 4,2 segundos normalmente, caindo para 3,9 segundos no M4 Competition e para 3,7 segundos na M4 Competition xDrive.

No M4, a velocidade final é limitada a 250 km/h em todas as versões oferecidas, porém, a BMW oferece o M Driver’s Package, que permite ao esportivo alcançar 290 km/h.

Essa velocidade final extra também é limitada, porque acima disso, os pneus não aguentariam o esforço e acabariam destruídos.

O consumo médio é de 9,8 km/l no M4 Cabriolet padrão e de 10,1 km/l no M4 Competition, ambos medidos no ciclo WLTP.

Os números são oriundos da própria BMW e usando gasolina premium na Europa, lembrando que o M4 não é vendido no Brasil.

BMW M4 – Segunda geração, F82/F83

O BMW M4 surgiu com a geração F80 do M3, sendo separado deste com uma nova denominação, assim como o Série 4 em relação ao Série 3.

O M4 literalmente era o antigo M3 Coupé e também o M3 Cabriolet, porém, adotou-se apenas denominação.

Diferente da geração atual, que abusa da grade de duplo rim exagerada, o M4 G82 (cupê) e G83 (conversível) basicamente usava o estilo do Série 3.

O esportivo da BMW surgiu nas duas carrocerias e usava o motor S55B30, um seis em linha 3.0 com dois turbo, que trabalhava com transmissão de dupla embreagem M-DCT da divisão M.

Com sete marchas, o M4 da primeira tinha tração traseira com diferencial de deslizamento limitado M.

Originalmente, o motor S55B30 entregava 431 cavalos entre 5.500 e 7.300 rpm, tendo ainda torque de 55,9 kgfm de 1.850 a 5.500 rpm.

Tendo também transmissão manual de seis marchas, o BMW M4 iam de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos na M-DCT e 4,3 segundos na manual, tendo final limitada em 250 km/h.

Com rodas esportivas de aros 18 e 19 polegadas, o M4 vinha com freios reforçados com pinças azuis ou discos de cerâmica-carbono com pinças douradas.

No M4, foi adicionado o Active Sound, que é a amplificação do som natural do motor induzido na cabine de passageiros, usando para isso os alto-falantes do carro.

Essa geração do M4 teve eixo de transmissão em fibra de carbono e um filtro de partículas do ciclo Otto para conter as emissões durante os testes no padrão WLTP.

Versões

M4 Competition Package

Como um esportivo padrão, o BMW M4 não teve necessariamente uma variante mais potente de fábrica, como na segunda geração.

Assim, surgiu a edição M4 Competition Package, que elevou a potência para 450 cavalos e vinha com ajuste mais firme da suspensão.

Ganhou até um sistema adaptativo para amortecimento, com novas molas e barras estabilizadoras maiores.

Usando partes em Shadow Line, assim como escape M Sport com ponteiras cromadas ou pretas.

Tendo difusor de ar mais pronunciado, grade com grelha exclusiva e um padrão de acabamento diferenciado.

Usando somente transmissão de dupla embreagem, o M4 Competition Package ia de 0 a 100 km/h em 4,0 segundos no M-DCT e do 4,2 segundos no manual.

Apesar de ter sido mais uma pacote com lotes limitados do BMW M4, o pacote Competition acabou virando uma opção definitiva na segunda geração.

M4 GTS

O BMW M4 GTS foi outra versão do esportivo vendido no mercado mundial e trouxe o motor S55 com nada menos que 500 cavalos e 61 kgfm.

Contudo, uma inovação da GTS era a injeção de água no coletor de admissão para resfriar uma parte da combustão e evitar a detonação, obtendo assim maiores taxas de compressão.

A tecnologia permite aumentar a potência e reduzir o consumo de combustível, assim como de monóxido de carbono.

Tendo um corte de 27 kg no peso, o M4 GTS ia de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos com máxima de 305 km/h.

Ainda que seja pouco mais fraco que a geração atual do M4 Competition, o GTS era mais veloz.

Outras edições

O BMW M4 teve outras edições, como a DTM Champion Edition, que teve 223 unidades. Esta oferecia o mesmo motor do M4 GTS, com detalhes em laranja no visual.

Outra edição foi a M4 CS, que chegou a ter 3.000 unidades, sendo 1.000 para o mercado americano. Ele usava motor do M4 Competition, mas com 460 cavalos.

No M4 CS, várias partes eram feitas em fibras naturais que ajudavam a reduzir bem o peso do carro da BMW.

Já o M4 Cabrio 30 Jahre Edition, que comemorou os 30 anos do M3 conversível e teve 300 unidades.

O M4 Edition M Heritage foi uma edição especial com as cores Laguna Seca Blue, Velvet Blue e Imola Red, que teve 750 unidades, sendo 75 apenas para o Reino Unido. 

Por fim, as edições M4 Packages adicionam vários itens em fibra de carbono, couro, Alcantara, alumínio e aço escovado. 

Motor

O motor S55B30 do BMW M4 era um seis em linha 3.0 com dois turbos, com 431 cavalos e 55,9 kgfm, que ganhou uma versão de 450 e outra com 460 cavalos.

Contudo, a sensação foi o S55 com injeção de água, que avançou muito em eficiência energética, mas com mais potência, chegando a 500 cavalos e 69 kgfm.

O câmbio era manual de seis marchas e de dupla embreagem M-DCT de sete marchas, com tração traseira somente.

Desempenho e consumo

O BMW M4 ia de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos no M-DCT e 4,3 segundos no manual, chegando a 250 km/h, limitada.

No M4 GTS, o tempo baixou para 3,8 segundos com máxima de 305 km/h.

Já no consumo, o BMW M4 fazia 5,9 km/l na cidade e 9,6 km/l na estrada.

BMW M4 – fotos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.