Vendas em maio: motos elétricas crescem 878%, Strada lidera e Pulse cai | Quatro Rodas

O relatório mensal divulgado pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) mostra que o mês de maio foi o melhor de 2022 em volume de vendas de veículos no Brasil. Segundo a atualização divulgada nesta quinta-feira (2), foram 338.440 veículos novos emplacados, entre automóveis e comerciais leves (principalmente picapes e furgões).

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Também foram divulgadas vendas por modelo, sem grandes surpresas. Mais uma vez a Fiat Strada foi o veículo mais vendido do Brasil, com 11.532 unidades emplacadas. Em segundo lugar, vem o Hyundai HB20, líder dos automóveis, com 9.634.

Cadastro efetuado com sucesso!

Você receberá nossa newsletter todas as quintas-feiras pela manhã.

Ainda que liderassem em abril, a dupla teve um acréscimo significativo nas vendas, assim como o resto do mercado. De acordo com a Fenabrave, maio foi o melhor mês para a indústria automotiva em 2022. Além de ser composto por 31 dias, o mês recém-acabado também se favoreceu de fatos concretos, como a “disponibilização de veículos que estavam à espera de peças, nos pátios das montadoras”.

Problemas na China, problemas no Brasil

Em meio ao caos logístico que veio junto da covid-19, o rigoroso lockdown imposto à cidade de Xangai, com mais de 26 milhões de habitantes, foi especialmente danosa à indústria. Com o maior porto de cargas do mundo fechado, houve um imenso “engarrafamento” na região da Ásia, afetando uma vastidão de setores.

Com o lockdown acabando, o porto de Xangai voltou a operar ontem (1) e corre para diminuir a fila de mais de 300 navios que aguardam para seguir viagem. Enquanto isso, outros portos da região tentam atender a demanda e, segundo o Royal Bank of Canada, um contêiner leva 74 dias para ir da China à América (o dobro da média pré-covid).

Pulse 1.3 Manual Queda violenta nas vendas do Pulse pode ter ligação com “rodízio” na fábrica de Betim (MG) Divulgação/Quatro Rodas

Fiat Pulse na contramão

Com marketing agressivo e crescente sucesso, o Fiat Pulse ostentou, em abril, a liderança de vendas entre os SUVs. Mas a briga no segmento mais concorrido do país não parece decidida, e o utilitário compacto da Fiat foi um dos poucos a ter queda no volume: 4.950 emplacamentos, cerca de 10% a menos que no mês anterior.

Continua após a publicidade

Renegade Sport Creta Limited Hyundai Creta foi o segundo SUV mais vendido do mês. Jeep Renegade foi quinto colocado neste mesmo segmento Fernando Pires/Quatro Rodas

Com a diminuição, o Pulse foi ultrapassado por nada menos que cinco outros SUVs. De acordo com fontes da Stellantis, a queda pode estar relacionada a um “rodízio” na linha de montagem. A aposta é de que, em junho, o modelo tenha uma recuperação significativa.

Mesmo assim, o utilitário fabricado em Minas Gerais está bem à frente do Volkswagen Nivus, seu rival mais óbvio, que vendeu 4.807 unidades e sofre com escassez ainda mais crítica. Enquanto isso, a “coroa” entre o SUVs fica com o Chevrolet Tracker, em sexto lugar geral, seguido por Hyundai Creta, Volkswagen T-Cross, Jeep Compass e Chevrolet Onix Plus, único sedã do top-10.

Corolla Cross GR Sport 17 – Divulgação/Toyota

Ano de cautela e de elétricos

Segundo Andreta Jr, presidente da Fenabrave, a tendência é de estabilidade, já que não há motivos para que cresça oferta ou demanda. Mas podia ser pior, sugere: “(essa estabilidade) já é desejável, considerando um ano bastante incerto como o que estamos vivendo”.

A boa notícia é modelos híbridos e elétricos vêm consolidando crescimento, que, de janeiro a maio, já é de 57,5% comparado ao mesmo período de 2021. Neste ano já são 16.393 modelos eletrificados que saem da concessionária, um número que é pouco, reconhece a Fenabrave, mas já entrega tendências de consumo.

Primeira scooter elétrica homologada para emplacamento Primeira scooter elétrica homologada para emplacamento Mobyou/Divulgação

O presidente do órgão também destacou a explosão de emplacamentos de motos elétricas, com 3.062 duas-rodas eletrificadas ganhando as ruas de janeiro a maio. É um crescimento de 878% em relação ao mesmo período de 2021, mas ainda corresponde a meros 0,59% do volume total.

Entre os motivos que fazem a Fenabrave apostar em “excelente ano de 2022” para o segmento há o preço cada vez maior do combustível e a crescente demanda por entregas via aplicativo.

Veja os 30 carros mais vendidos do Brasil em abril:

Posição Modelo Unidades
Fiat Strada 11.532
Hyundai HB20 9.634
Fiat Mobi 7.493
Chevrolet Onix 6.982
Volkswagen Gol 6.980
Chevrolet Tracker 6.564
Hyundai Creta 6.411
Volkswagen T-Cross 6.406
Jeep Compass 5.924
10º Chevrolet Onix Plus 5.647
11º Jeep Renegade 5.489
12º Fiat Toro 5.287
13º Fiat Pulse 4.950
14º Nissan Kicks 4.892
15º Toyota Corolla 4.169
16º Toyota Hilux 4.145
17º Volkswagen Nivus 4.087
18º Toyota Corolla Cross 3.905
19º Fiat Cronos 3.682
20º Volkswagen Voyage 3.511
21º Fiat Argo 3.415
22º Hyundai HB20S 3.003
23º Peugeot 208 2.812
24º Renault Kwid 2.757
25º Chevrolet S10 2.715
26º Honda City 2.383
27º Toyota Yaris Hatch 2.281
28º Fiat Fiorino 2.165
29º Chevrolet Spin 1.926
30º Mitsubishi L200 1.819

 

Continua após a publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.