Zagueirão destaca boa fase defensiva do Cruzeiro na Série B, mas não está satisfeito

Sem sofrer gol há sete jogos, o Cruzeiro não contará com peças importantes do setor defensivo para o confronto com o Operário, nesta sexta-feira (3), às 21h30, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, no Paraná, pela 10ª rodada da Segunda Divisão. Os zagueiros Oliveira e Geovane Jesus estão fora por terem levado o terceiro cartão amarelo. Por outro lado, o também defensor Zé Ivaldo retorna após cumprir suspensão.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, na Toca da Raposa II, o zagueiro Eduardo Brock comentou sobre os desfalques

“Acredito que essas trocas que precisam ser feitas, por cartão ou suspensão automática, vão acontecer durante toda a competição. Sabemos da dificuldade e do jogo agressivo da Série B, que tem um jogo aguerrido. O mais importante é a forma como a comissão técnica consegue trabalhar todos e manter o alto nível físico e técnico, com entendimento de jogo de todos da equipe. Todos sabem que essas trocas acontecem, e o mais importante é manter o alto nível da equipe”, projetou. Eduardo Brock também analisou a solidez defensiva do Cruzeiro na temporada. Dos sete jogos sem sofrer gol, seis foram pela Série B, com seis vitórias seguidas.

O time celeste foi vazado apenas três vezes na competição. Na visão do zagueiro, a determinação dos atacantes na marcação é um dos pontos determinantes para o sucesso do sistema defensivo. “Acredito que o fato de não sofrer gol é mérito de todos. Nossa equipe pressiona o adversário lá na nossa linha ofensiva. O que os atacantes correm para dar a primeira pressão é algo impressionante. O resultado lá atrás é fruto desse trabalho.

Cada um tem a sua parcela de contribuição, mas sei da importância dos jogadores de frente. O esquema de três zagueiros se encaixou pelas características dos jogadores, mas temos que continuar evoluindo, porque as outras equipes vão evoluir para enfrentar o Cruzeiro”, ressaltou.  O Cruzeiro é o líder da Série B, com 22 pontos, cinco a mais que o Vasco, segundo colocado. A Raposa venceu sete partidas nas nove rodadas disputadas. Apesar do bom momento, Brock pregou cautela para a sequência da Segunda Divisão. “É gratificante estar vivendo um momento tão bom. Temos que salientar que todos estão felizes, mas quem entende de futebol sabe que as coisas mudam muito rápido. Então, a gente não precisa as coisas acontecerem negativamente para reagir.

É um fator que temos de trabalhar dia após dia, que é de continuar evoluindo, crescendo. Só assim vamos atingir nosso objetivo. Sabemos que existe uma competição muito grande pela frente, com muitos jogos, mas temos que ter a consciência que ainda não tem nada resolvido”, concluiu.

Compartilhe isso:

TV MRNews Não perca também:

Fonte: mrnews.com.br/index.php/2022/06/01/brock-destaca-boa-fase-defensiva-do-cruzeiro-na-serie-b-mas-cobra-evolucao-superesportes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.